Pastor Elizeu rodrigues afirma que neste 500 anos de reforma o povo precisa é de um ¨reabibliamento¨

500 anos de reforma protestante vem sendo falado e divulgado nas mídias sociais durante todo o mês de Outubro. E nesta Terça (31) ele ganha mais robustez. É onde várias igrejas espalhadas pelo mundo, tem feito preparativos para que este dia tenha o real significado.

A atitude de   Matin Luthero, que na época parecia uma loucura, para o muitos do meio cristão, mudou o mundo na sua forma religiosa. Deu ao cristianismo o direito e a liberdade de conhecer a Deus através das Escrituras Sagradas.




 Elizeu Rodrigues fez uma observação cabível aos dias de hoje.

Na concepção do pastor, hoje os evangélicos, cristãos assim chamados, não estão muito diferentes dos dias anteriores a reforma. De acordo com Elizeu Rodrigues, muitos estão fazendo como a igreja católica fazia a 500 anos atrás.

¨ Como muitos estão fazendo hoje, os católicos romanos haviam substituído a autoridade da Bíblia pela autoridade da igreja. Eles ensinavam que a igreja era infalível e que a autoridade da Bíblia procedia da tradição. ¨ disse Elizeu em postagem na sua rede

O pastor acrescenta  que os reformadores afirmavam que as Escrituras eram a sua regra de fé. De prática e de viver, e que não se devia aceitar nenhuma doutrina que não fosse ensinada por elas. A Reforma trouxe  ao povo a Bíblia, quese estava proibida. Sob  um regime papal, e novamente era a fonte primária de autoridade.



A reforma de uma guinada na história, para um povo que era submisso a lei da igreja e não da Bíblia. Embora isto tenha acontecido, na visão do pastor ,Muitos não tem dado importância a Bíblia. A liberdade de  poder estudar  a Palavra não esta sendo exercida em sua plenitude.

Nos 500 anos de reforma,  muitos estão falando de avivamento e de milagres . Opastor Elizeu Rodrigues vai totalmente na contramão das expectativas causadas por pregadores.

¨ A Reforma devolveu ao povo a Bíblia que se havia perdido, passando a considerá-la a fonte primária de autoridade. Mas ainda digo: Precisamos de um reabibliamento¨ afirmou






Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.