O pastor Abílio Santana, polêmico , porem racional em suas observações, porem, se vê em apuros por declarações feitas a ¨Bíblia gay ¨, engendrada pelo ¨pastor¨ Marvel de Souza.

Marvel depois de uma série de vídeos criticando a ¨ Bìblia¨ redigida por ele, procurou a justiça com sérias alegações contra Abílio.

Recentemente houve audiência preliminar, e a satisfação ao postar foto após o termino, trouxe esperança ao pregador de que o processo todo correria fácil e favorável.

Entretanto, o Promotor de Justiça Marcelo Gois da Fonseca, pediu que o caso do pastor Abílio Santana, acionado pelos autores da chamada “Bíblia Gay”, seja encaminhado para a Central de Inquéritos do Ministério Público da Bahia.

No entendimento do promotor, as críticas feitas pelo pastor Abílio ao conteúdo da Bíblia “Graça Sobre Graça” se enquadram hipoteticamente em Injúria Racial prevista no § 3º do art. 140 do Código Penal, cuja ação penal é pública condicionada a representação, com pena de um a três anos, o que excede a competência do Juizado Especial Criminal.

No documento apresentado ao pelos idealizadores, pastores José Marvel Queiroz de Souza e Jefferson Raphael Caetano Lira, da Igreja Comunidade Cristã Incluídos Pela Graça (IPEG), o promotor alega que houve “incitação de intolerância religiosa”, o que configura crime de injúria racial.

“Ademais as ofensas foram através da rede social Facebook o que torna a causa complexa em função de perícias requisições ao Facebook etc.”, diz o promotor no documento assinado com data de 21 de setembro de 2017

O promotor pede no documento que a audiência que está agendada para o dia 31 de outubro seja cancelada, sabendo-se que a audiência já havia sido f remarcada pelo não comparecimento dos autores na 5ª Vara do Juizado Especial Criminal do Estado da Bahia.

Entenda

Em Abril deste ano, em sua pregação nos Gideões, o pastor Santana deu as primeiras orientações para quem fosse comprar Bíblia.

O pastor no meio da sua ministração, disse pedindo pelo amor de Deus, quando fossem comprar uma bíblia ficar atento, pois poderiam estar dando uma bíblia dos gays presente .

O pastor Abílio também observou que na bíblia ¨Graça sobre Graça ¨ estava faltando Levítico, capítulo 18:22, texto este que trás duras orientações ao homossexualismo.

¨ Não te deitarás com homem como se fosse mulher” diz Levítico, capítulo 18:22

A declaração do pastor na época, repercutiu nacionalmente viralizando pelas redes sociais. O pronunciamento, ganhou destaques em jornais renomados logo após os autores da Bíblia “Graça Sobre Graça”, entrarem com ação criminal contra Abílio Santana, junto à 5ª Vara Criminal do Estado da Bahia, por Injuria e Difamação.

Antes que que o Suplente de Deputado Abílio Santana fosse para a primeira audiência que aconteceu em 12 de Setembro, novas críticas ao homossexualismo levou o Facebook, a bloquear o seu perfil . Poucos dias durou e novamente Voltou com serias denuncias e novamente foi bloqueado.

Um dos maiores veículos usados por políticos , pastores, músicos e pessoas de atividades comercias tem sido o Facebook. Sem esta rede de comunicação, o pastor fica quase que incomunicável, sem vós ativa, com aqueles que o apóia e torcem por ele nesta batalha, que agora com a entrada do Ministério público, fica mais dura.

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.