Assassinato dentro da igreja Universal acontecem com uma mulher identificada como Norma Valisto Souza, de 49 anos, foi morta com uma facada nas costas na manhã deste sábado (5) no bairro Santa Luzia, zona Oeste de Boa Vista, enquanto limpava o altar da igreja Universal do Reino de Deus, a qual frequentava.

[themoneytizer id=”16458-1″]

 

Os suspeitos do assassinato são dois homens que estavam de bicicleta e fugiram logo após o ataque, informou a Polícia Militar. A vítima ainda conseguiu correr para pedir socorro, mas morreu na caçada.

A suspeita, segundo a PM, é que o assassinato aconteceu pois os  criminosos tinham a intenção de roubar. Entretanto, nenhum objeto da mulher ou da igreja foi levado conforme levantamentos preliminares da polícia no local.

Assassinato em templo da Assembléia de Deus Chocam fiéis



“Ela levou uma facada muito profunda nas costas, mas os suspeitos não levaram nada. O celular dela foi deixado aqui, então ainda não é possível traçar uma motivação para o crime, somente após a investigação da Polícia Civil”, disse um PM que esteve local.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e ainda tentou reanimar a vítima no local, mas ela não resistiu. Os dois suspeitos não tinham sido encontrados até a publicação desta matéria.

Familiares de Norma disseram que ela era membro da igreja e que todos os sábados a mulher fazia a limpeza na igreja pela manhã. Ela estava sozinha no prédio quando foi atacada.




Pessoas que passavam pela rua e vizinhos do prédio acionaram a polícia.

O corpo da vítima foi removido do local pelo Instituto Médico Legal. Agentes da Delegacia Geral de Homicídios (DGH) também estiveram na igreja para dar início às investigações sobre o caso.

Em nota, a igreja Universal do Reino de Deus informou em nota que “está colaborando ativamente com as autoridades para que o acontecimento seja esclarecido com urgência, e os culpados sejam capturados e punidos”.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.