O pastor Robson Brito ,presidente da Igreja Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá, vai ser ouvido nesta quinta-feira pelo promotor de justiça Maurício Kalache, da 6ª Promotoria de Justiça, sobre a crise na Ieadcemar.

Segundo informações, a dívida da Igreja Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá é de alguns  milhões de reais, é para sanar a dívida milionária, a igreja  perdendo bens, com   imóveis sendo leiloados

Além  situação ter provocada a dissidência de fiéis, um recente atrito envolvendo Brito e a AD do Jardim Universo, aconteceu quando o pastor foi tirado da direção  da igreja por supostamente ter criticado a Igreja Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá.

Consta ainda que ele teria chegado àquela igreja, há pouco mais de uma semana, acompanhado de seguranças armados.

No encontro com o promotor que acontecerá nesta quinta (05) participarão também membros da Cieadep, que é o órgão estadual das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus, com sede em Curitiba.

Com informações: Rigon

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.