Na tarde desta terça (26) uma polêmica foi instaurada, após denuncia contra o cantor gospel Gerson Rufino. Segundo o contratante o cantor não teria não comparecido a show em Paracatu-MG.

O autor da denuncia, é vereador da cidade de Paracatú e também o contratante do cantor gospel Gerson Rufino. A polêmica se formou quando o vereador Gilsomar resolveu gravar um vídeo acusando o cantor de ter furado a agenda.



De acordo com Gilsomar, ele  teria contratado o cantor Gerson Rufino, para  show no dia  22 de setembro. A presença do cantor era em comemoração ao 11º Aniversário do Projeto Liberta Paracatú. O cantor J. Neto também foi convidado e compareceu, embora tendo histórico de também furar.

+ Cantor gospel se torna empresário de negócio milionário e transforma reunião de negócios em culto.

O contratante acusou Gerson de ter recebido o cache e mesmo depois de assinar contrato firmando o compromisso, teria furado furado. Gilsomar disse ainda, que Rufino também gravou 2 videos, dizendo que estaria no 11º Aniversário do Projeto Liberta Paracatú.

Toda história tem dois lados. E assessoria de Rufino entrou em contado com o site para dar esclarecimentos  de fatos que não foram citados por Gilsomar no vídeo que acusa o cantor.


Entenda o caso.

Pastor Gilvan

Três meses antes do evento, na tarde da segunda-feira (18/06) a Polícia Militar foi chamada  na Escola do Legislativo. A  vítima, o ex Vereador Cabo Gilvan, militar da reserva apresentou queixa contra o Vereador Gilsomar do Projeto (PC do B). Gilvan estava o acusando de “ter feito ameaças de morte.”

Segundo Cabo Gilvan, que também seria bispo de uma igreja local, Gilsomar Ferreira dos Santos, conhecido como Gilsomar do Projeto chegou no local nervoso.

“você não vai me bater? Pode vir me bater que eu vou resolver do meu jeito” , disse Gilsomar alterado. Ainda segundo  Gilvan, durante as ameaças o vereador batia no peito e apontando para ele gritava: “bando de safados.”

O desentendimento seguido de ameaças, teria sido um show gospel com o cantor Gerson Rufino, que foi contratado por ambos.



Versão da assessoria

O pastor Romildo que também é assessor do cantor Gerson Rufino, desmentiu as acusações do contratante. Gilsomar afirma no vídeo que gravou, que o cantor teria recebido parte do cache adiantado e não teria comparecido.

” Pelo fato do cantor ter seu ministério sério eu de maneira nenhuma deixarei de atender um compromisso desde que a data esteja livre. Fechamos uma agenda na cidade dele (Gilsomar) meses antes do evento dele. Porém ele se viu no direito de procurar o pastor ( Gilvan). Desferiu uma série de ameaças, para que o pastor viesse cancelar a agenda conosco. Mas o pastor não deu crédito a ele, sabendo da índole de Gilsomar e do carácter e que tem como costume ameaçar as pessoas”, explicou Romildo.

+Cantor gospel Samuel Mariano interrompe o show em Salinas da Margarida – BA

Romildo também explicou que o cantor Rufino não furou a agenda, porque o contrato foi rescindido antes do evento em Paracatú  acontecer.

” No contrato de agenda temos o direito de rescindir o compromisso e devolver o valor depositado.  Mas o mesmo não aceitando a situação revolveu me ameaçar. Também dizendo que se Rufino não comparecesse na agenda iria fazer isso que fez.  Vídeos e denegrir a imagem do cantor e até a minha como secretário do cantor”, contou o pastor Romildo.


O pastor acrescentou ainda, ” que Gilsomar como pessoa pública, que diz ter um projeto sério, não deveria dar esse tipo de testemunho. Uma vez que temos liberdade, o cantor canta onde for convidado para cantar, e a agenda na cidade que o mesmo citou aí, só foi fechada após o cancelamento da agenda com ele”

De acordo ainda com Romildo, após cancelar o contrato com Gilsomar e o mesmo não aceitando, mandou várias mensagens. Todas com teor de ameaças, “dizendo que acabaria comigo, que eu era pastor do diabo ladrão de igreja e etc ”

A assessoria afirmou “que foi por essas atitudes que a agenda foi cancelada e o dinheiro devolvido. Não houve mentira e muito menos marcamos duas agendas no mesmo dia, como foi afirmado por Gilsomar”.



Comprovante de devolução do dinheiro

Mediante a tais afirmações do vereador Gislomar do Projeto Paracatú- MG, a assessoria afirmou que está tomando todas as atitudes cabíveis. a intenção é o vereador pague pelas ameaças e palas mentiras que o mesmo disse no vídeo postado.


Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.