.Um áudio contendo suposto desabafo do pastor Júlio César, tem ganhado muitas visualizações e feito muitos levantarem teses errôneas sobre o motivo do suicídio do pastor.

O áudio que intitularam sendo do pastor Júlio César, onde faz um pesado desabafo sobre a vida sacerdotal, tem circulado as redes sociais e ganhado proporções avassaladoras.




Na fala, que supostamente seria do pastor Júlio, ele cita Deuteronômio. A passagem Bíblica fala de  Deus estipulando que a tribo de Levi não herdariam nada. Mas seriam cuidados por todos. E baseado nesta colocação divina a respeito do sacerdote, que viveria somente para Deus, sem nenhum trabalho secular, é que toda fala se desenrola.

Pastor da Assembléia de Deus Madureira comete suicídio

O áudio segue no comentário de inversão dos mandamentos. Hoje pastores recolhem fundos para si. E quanto os pastores ter que cuidar dos fiéis em vez dos fiéis cuidar mais dos pastores.




No entanto, o áudio é totalmente falso, embora o discurso coincide com o fato do pastor Júlio ter suicidado por conta do fardo, as palavras não se atibui a ele.
Atrasado a vários dias depois da morte do pastor Júlio César, Jabes Alencar resolveu postar para expressar os seus sentimentos a família.

¨ Só agora resolvi postar para expressar meus sentimentos à família¨, disse ele logo após a postagem de luto



Nesta ocasião, ele também faz alguns esclarecimentos a respeito do suposto áudio do pastor Júlio César. Segundo ele, o vídeo – áudio é antigo e contém o desabafo de outro.

¨ Esclareço também que um áudio que está circulando como se fossem as últimas palavras do pastor Júlio César, não foi gravado por ele, portanto Não São Palavras dele. É na realidade um vídeo antigo que contém o desabafo de outro pastor¨, afirmou Jabes




Mediante a todas especulações em torno do suicídio do pastor, Jabes Alencar aconselha:

¨ Orar e aguardar a volta de Jesus¨.

Os pastores não tem opinado quanto ao suicídio não ter perdão. Porém se resguardam na breve argumentação, que ¨ somente a eternidade poderá responder¨.



Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.