cantora gospel Célia Sakamoto
Célia Sakamoto

A cantora gospel Célia Sakamoto fez bastante suspense sobre sua vida amorosa, levando até alguns a pensarem que pudesse estar reatando com o seu ex marido Takao Sakamoto. Mas não.

Essas dúvidas que rondavam a cantora gospel foram finalizadas quando a mesma publicou uma foto com um par de alianças. Célia Sakamoto escreveu na legenda que estava aceitando a nova identidade que Deus estava dando a ela. Um forte indício de uma nova relação.




Célia  recebeu muitos comentários carinhosos e advertiu que quem a conhece, sabe julgar o seu caráter. Ela estava deixando bem claro que apesar de estar menos de 1 ano separada,não se separou para casar. Ou teria feito qualquer ato escuso para manter esse relacionamento. Ela advertiu àqueles que iriam fazer comentários que o fizessem para encorajar e não denegrir a nova fase.

Evangélicos fazem corrente de oração para Bolsonaro que foi submetido a nova cirurgia

A cantora lançou um clipe intitulado “teu amor”, que a propósito foi escrita por sua irmã Vanilda Bordieri. Ela escreveu nos comentários da publicação que Célia “não precisa explicar nada do passado pra viver algo”.



E Vanilda pode aconselhar mesmo, porque está em seu terceiro casamento e sua irmã Célia Sakamoto segue confiante os passos da irmã. A cantora usou os termos “curar feridas do passado” para falar de um suposto sofrimento no casamento anterior.

A pergunta que não quer calar é : Célia vai continuar usando o sobrenome do ex-marido? A cantora foi casada com o Takao Sakamoto e teve com ele dois filhos. Célia também fez toda sua trajetória musical usando o sobrenome do marido.

Agora em novo casamento muitos seguidores da cantora estão curiosos se ela continuará sustentando o sobrenome Sakamoto como codinome artístico. Parece que as cantoras Vanilda Bordieri e Célia Sakamoto além de irmãs tem outros gostos em comum. Entre eles a música, casamentos e a política.




Cantora Fernanda Brum recebe unção sobrenatural após banho de óleo ungido na igreja

Célia Sakamoto foi eleita vereadora em 2013 da cidade de Itaí e acabou assumindo a prefeitura pelo prefeito ter sido impugnado. Ela permaneceu no cargo como prefeita por 9 meses. Entretanto, foi cassada pela câmara de vereadores sob acusação de improbidade administrativa que o ministério público julgou improcedente, e Célia foi absolvida.

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.