polêmica Irrmã de Eyshila Lis Lane
Irrmã de Eyshila Lis Lane

Parece que o embate político ainda vai dar muito o que falar e não foi apenas a cantora Eyshila que aderiu a campanha de Bolsonaro com unhas e dentes. A cantora gospel Lis Lane, irmã de Eyshila, usou seu instagram para falar sobre a famosa resistência. Segundo ela, em sua história de vida que foi bastante esforçada. Disse não ter opção, senão correr atrás de seu sonhos e por isso alcançou suas vitórias pessoais.

A famosa irmã de Eyshila, Lis Lane, associou o termo resistência com o termo deficiência e bastou para que a cantora sofresse vários ataques nos comentários de seu post.

Muito diferente de Eyshila que é mais comedida, Lis Lane não tem papas na língua e respondeu a altura muitos comentários negativos. Uma seguidora chegou a questionar o porque dela estar entrando nesse mérito de resistência. Também cobrou novo trabalho e clip da cantora. Lis  sem pensar duas vezes, disse que se a seguidora quisesse bancar o que cobrou poderia fazer na hora e quando tivesse novidades ela avisaria. Curta e grossa.

Cantora gospel Gisele Nascimento lembra quando era membro de Edir Macedo na Igreja Universal

Outra seguidora provavelmente de esquerda questionou a Lis Lane   usar o termo “deficiência intelectual” ser uma agressão aos que de verdade possuem essa condição. A cantora disse que jamais ousou ofender ninguém. Apenas disse que estava “cansada de mimimi” de pessoas que não quer fazer por merecer. Ainda foi mais longe,  disse ficam se escondendo atrás de ideologias de resistência e na verdade muitos são filhos de papai.

Cantora gospel Léa Mendonça fala sobre clima espiritual “pesado” no Grammy Latino

Leia na íntegra a postagem da cantora:

“Para mim que tive que começar a trabalhar como secretária em uma agência de automóveis aos 15 anos de idade não só para pagar meus estudos,mas também para ajudar meus pais que precisavam de mim,não foi difícil sair dessa cadeira de vítima e chegar onde estou hoje.É só levantar e subir a escada! Ps.Não estou falando aos que são realmente deficientes físicos mas sim aos que simplesmente optam pela deficiência intelectual e acreditam que realmente podem ser resistência porque não tem a mínima disposição de pagar nem um teto para viver ou a comida que comem.Hoje aos 41 anos ainda tenho forças para me levantar dessa cadeira e subir essa escada!”,concluiu a cantora.

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.