A cantora gospel Maramaravilha e apresentadora do “Fofocalizando” (SBT),  falou sobre o post polêmico  entre ela e  o de Marília Mendonça contra o cantor Naldo Benny, detido por agredir a mulher, Ellen Cardoso, conhecida como Mulher Moranguinho. 

A polêmica entre a  cantora gospel Maramaravilha  ,Marília  Mendonça, se de deu quando Marília disse que Moranguinho não deveria acreditar no vídeo em que Naldo aparece chorando e pedindo perdão. No programa, Mara criticou a postura, dizendo que a cantora “não deveria se meter” no caso. 




Em entrevista exclusiva à sites de noticias gospel, Mara explicou sua opinião. “Sou totalmente contra agressão, qualquer agressão. Mas eu também sou muito a favor do perdão para todas as situações, dentro de um contexto”, afirmou a apresentadora, que acredita que a questão de perdoar ou não deva ser resolvida entre eles, e não com interferência externa.

“Tem uma família também envolvida, tem filhos, a gente não pode dizer ‘não perdoa’ como a Marília falou. Ele está errado, e se a pessoa achar que deve perdoar ela pode, ela tem a opção. Eu acredito no arrependimento. Sou totalmente contra machismo e agressão, mas acredito na regeneração do ser humano, seja homem ou seja mulher.”



Mara disse também que faz questão de dar sua opinião quando tem experiência no assunto e que já teve relacionamentos difíceis, por isso falou sobre o caso. “Sou anti-hipocrisia. O hipócrita não fala o que ele pensa, ele fala o que querem ouvir. E essa não sou eu. Eu me desfiz de dois casamentos. Nunca fui agredida, mas quem sabe eu poderia também ter praticado mais o perdão?”

O primeiro marido de Mara foi o diretor de TV Paulinho Lima, seu ex-assistente de palco, com quem foi casada por nove anos e de quem se divorciou oficialmente em outubro de 2008. O segundo casamento aconteceu no início de 2009 com o cirurgião-dentista Alessander Vigna. Em 2013, Mara descobriu uma traição e terminou o relacionamento.

Com informações da Folhapress.



Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.