Vanilda Bordieri  vive drama com Eloisa Bordieri, uma  garota na flor da idade com apenas (19)  anos. Embora sendo uma das maiores  cantora gospel da atualidade também tem os destemperos da vida.




A cantora Vanilda Bodieri, há pelo menos dois meses que  luta pela recuperação da filha. Muitas mães e pais tem enfrentado o mesmo  que a cantora, quando filhos se perdem em drogas.  Desde o envolvimento da sua filha e a internação uma clinica de reabilitação,ela tem sofrido e se fortalecido em Deus. Segundo  o site o fuxico, faz pelo menos sessenta dias que Eloisa Bordieri esta internada.



 

De acordo a própria cantora Vanilda Bordieri, a filha se envolveu com drogas. Desde então, a cantora tem vivido um verdadeiro drama familiar.

Vanilda tem desabafado em forma de testemunho nas igrejas onde coopera. Durante esse fim de semana, Vanilda esteve ministrando em um congresso de mulheres, no interior do Maranhão.  Entre centenas pessoas, também  falou sobre o drama da filha.




Entretanto , mediante a dramatização da situação da filha e da  própria vida familiar, da cantora Vanilda Bordieri não tem essa concepção .

¨Drama é quando não temos coragem e nem forças para encarar a realidade. Lamento decepcionar os espectadores Eu não faço drama da minha vida,porque eu não escondo e nem me envergonho de nada que acontece comigo.
Drama é se fazer de coitada. Drama é se utilizar da desgraça pra tirar proveito,. Drama,é não ter um pingo de esperança . Drama talvez eu faria por uma doença incurável .

Bordieri acrescentou também, que só seria drama o que tem vivido familiarmente se a situação fosse incurável. Fato este que lhe dá uma sensação de conforto, pois o que aconteceu a sua filha, acontece nas melhores famílias.

Agora jamais chamaria de drama algo que acontece com as melhores famílias. E que serve para meu crescimento espiritual.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.