Alguns cantores gospel tiraram o dia 7 de setembro para fazer uma reflexão sobre a condição atual do pais. E a conclusão que Kemilly Santos e Ludmila Ferber chegaram é ” lamentável”.

A postagem comemorativa do dia 7 de setembro da cantora gospel Ludmila Ferber em sua conta oficial do instagram, é carregado do sofrimento e do sangue inocente que tem sido derramado no Brasil. Além do sofrimento atual, Ludmila lembrou com pesar a facada no candidato Bolsonaro.




+doença de Ludmila Ferber pode não ter mais jeito. Milagre é a esperança.

“Um Brasil ferido, de tantos olhares perdidos, de lágrimas sofridas por tanto sangue inocente derramado. Tempo de ch-ORAR. Clamar ao Deus que tem misericórdia e poder para mover céus e terra. E tocar corações, e mudar a História.Ao ser humano Jair Bolsonaro, orando por sua família e sua recuperação plena. A todos os brasileiros atingidos pelas facadas do ódio, da impunidade e da violência, clamando por um Socorro e um Consolo e Força que só p Deus Vivo pode dar. Ch-ORANDO e CRENDO por um Brasil curado, limpo, restaurado e restituído. Porque para Deus, NADA É IMPOSSÍVEL. CREIA comigo. E ch-ORE, também”.

+ O dia que cantor gospel chorou escondido com filho no colo. Descubra porquê.

A cantora Kemilly Santos pediu um minuto de silêncio, pois segundo ela, os filhos da pátria, a estão desrespeitando.

” Brasil… 1 minuto de silêncio ?! Pois os filhos dessa pátria desrespeitam esse solo! Envergonham essa bandeira ! A frase “ salve salve “ resume bem nosso estágio … triste lamentável lastimável !
Igreja oremos ! Pra que Deus levante alguém ! Que Deus use alguém ! Que venha sobre nós um governo melhor ? é doloroso !”



O dia 07 de setembro é celebrada  Independência do Brasil é celebrada  . Essa comemoração acontece desde a época do Primeiro Império, que, a cada ano, rememorava a ocasião em que o país se tornou independente de Portugal no ano de 1822.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.