Castigo divino para o governador do DF
Rodrigo Rollemberg mandou derrubar mais de 30 igrejas

Pode até ser castigo divino contra o  governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, que ficou conhecido em todo o país por mandar demolir mais de 30 igrejas em Brasília.

Pode até não ser castigo divino, mas o governador perdeu a reeleição neste domingo (28/10), para o advogado Ibaneis Rocha Barros Júnior, considerado um ilustre desconhecido da política.




Com 100% das urnas apuradas, Ibaneis recebeu 69,79% dos votos válidos, contra 30,21% dos válidos de Rollemberg. Perdeu de lavada.

Homem rasga e come a Bíblia em protesto a Bolsonaro

Lembrando que na época das demolições das igrejas, em setembro de 2017, o bispo Manoel Ferreira, presidente da Madureira  denunciou a ação do governo do Distrito Federal. Um dos templos demolidos  era da Assembleia de Deus em Vila Planalto.

A cena que foi esmagadora para aos evangélicos, foi semelhante ao que anda acontecendo  na China. Lá o governo comunista oprime as igrejas.



O pastor  Marco Feliciano (PSC/SP) acabou se envolvendo na situação e foi   público na ocasião, condenar a demolição. Ele afirmou que o terreno era de propriedade da igreja “há mais de 50 anos”. Disse  que considerava a ação “atitude digna de uma ditadura”.




Depois de tanto pedir Agenor Duque, pastor das mil maravilhas resolve ” dar”.

Mas como dizem o castigo vem a cavalo , mas vem. E com a vitória de Ibaneis, a expectativa dos líderes evangélicos é que as igrejas possam viver tempos de paz. E que a  harmonia com o poder público no Distrito Federal seja duradoura, sem perseguição religiosa.

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.