copamm
Apostolo Martins

A COPAMM ( Coonvenção de Pastores Missão Mundial) está lançando um seminário para falar sobre o crescimento do suicídio entre os pastores no Brasil, no próximo dia (26).


COPAMM é uma associação de pastores na capital paulista. Ela tem se engajado em causas sociais e conta com várias denominações que visam a união entre as mais diversas denominações.

A iniciativa muito bem criticada pelos internautas partiu do Apóstolo Martins. Ele é o líder da igreja Apostólica Tabernáculo Divino, que viu no evento um momento para tratar do assunto. Os números alarmantes de suicídio entre pastores no ano de 2018 chamou a atenção da comunidade evangélica . O apóstolo deseja que o evento seja um dia para que os líderes eclesiásticos possam orar uns pelos outros e compartilhar as aflições da vida pastoral.

Pastora é encontrada morta com corda no pescoço. Mais um lamentável suicídio

O encontro está marcado para 26 de janeiro. Estima-se receber um grande número de pastores, esposas e obreiros para discutirem o assunto.

No início deste ano, um pastor que tirou sua vida logo após a ceia da virada do ano. Foi o primeiro caso de suicídio pastoral de 2019. E essa tem sido uma realidade alarmante no meio gospel. Muitos líderes cristãos tem adoecido por depressão e em casos crônicos chegam a tirar sua própria vida.

Uma das premissas para o desenvolvimento da depressão é o ato de “dar muito aos outros e pouco a si mesmo”. A vida pastoral é bem assim, uma vida de serviço ao próximo e pouco reconhecimento. Incide também sobre os ombros do pastor a necessidade de sempre parecer bem aos olhos da sociedade. Também, nunca tem onde compartilhar suas fraquezas e problemas pessoais. Todos esses fatos se somam no adoecimento emocional dos pastores que engrossam a lista de suicídios.

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.