Depois da tentativa de assassinato,Bolsonaro grava vídeo do hospital e o recado é uma reta para Magno Malta. O senador tem sido o braço direito do candidato a presidência e também pode estar correndo risco de vida.

Na tarde desta quinta-feira o Brasil parou pra ouvir a notícia da tentativa de assassinato do candidato Jair Messias Bolsonaro, principal candidato na intenção de votos para presidência da República. O fato foi notícia nos principais jornais do Brasil e do mundo , e ainda ficou em primeiro lugar dos assuntos comentados no twitter e instagram.




Apesar de inicialmente seu filho, Flávio Bolsonaro ter noticiado de que o corte foi superficial, depois foi noticiada a gravidade dos ferimentos recebidos por Bolsonaro no intenção de assassinato que aconteceu em um ato de campanha  na cidade mineira.

+ Senador Evangélico Magno Malta tira sarro de Renata Vasconcellos em vídeo

O presidenciável teve seu abdome aberto para costurar partes perfuradas pela faca e uma parte de 10 cm foi retirada de seu intestino por contaminação. O candidato também teve uma grave hemorragia interna e precisou de duas transfusões de sangue. Mas os médicos conseguiram efetuar a cirurgia com sucesso e o quadro de Bolsonaro é considerado estável.




Ao chegarem no hospital dois de seus filhos,rapidamente gravaram um vídeo para acalmar a os eleitores e seguidores de Jair que aparece nas imagens muito fraco e debilitado. Ele agradeceu a Deus por sair com vida do atentado,e disse que já contava com essa possibilidade do ataque.

Bolsonaro pediu desculpas por não comparecer ao atos comemorativos do 7 de setembro na Presidente Vargas  e ainda falou ao amigo e principal cabo eleitoral, o senador Magno Malta, que eles tinham uma missão aqui na terra e que precisava cumpri-la.



Ele ainda pediu ao senador Magno Malta que tomasse cuidado com os possíveis ataques ,pois ele também “corre perigo” por defender os mesmos pontos de vista que ele na defesa da família.

+ Senador evangélico, braço direito de Bolsonaro queimou quase R$500 Mil em gasolina

Bolsonaro ainda disse que a dor que sentiu na hora que a faca entrou foi como se tivesse levado uma bolada de futebol e a dor era insuportável. O tempo de chegar ao hospital foi de 15 minutos, e ele já foi atendido inconsciente e em estado de choque por conta da grave hemorragia interna. Bolsonaro agradeceu a toda equipe do hospital que atendeu e evitaram que um mal maior acontecesse.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.