Na  eleição de 2014, com o ” plano” do pastor missionário RR Soares, envolvendo os pastores da sua igreja , conseguiu eleger seus dois filhos pelo estado do rio de janeiro.

Através da sua influencia pastoral o missionário elegeu, Marcos Soares para o cargo de deputado federal com 44.400 votos e  Filipe Soares para o cargo de deputado estadual com 39.058. Para que o projeto politico de um dos lideres religiosos mais influente no meio evangélico desse certo, houve em 2014, de  forma macifica uma campanha política dentro das igrejas, para  eleger cada um dos filhos em cargos distintos.

A informação chegou  ao  TRE de Duque de Caxias, através de denuncia anonima que as igrejas do missionário Soares, estava usando os templos para promover politicamente os filhos, e se dirigiu a algumas igrejas. Comprovada a propaganda irregular,  apreendeu farto material de campanha no interior das igrejas.

+Filho deputado do pastor RR Soares, e envolvimento da igreja da graça em campanhas políticas




O  processo de propaganda irregular foi instaurado, a qual foram réus : Marcos Soares (então candidato a deputado federal). Filipe Soares (então candidato a deputado estadual). Igreja da Graça (por está deixando fazer campanha dentro do templo), Pastor Andrade (então líder regional de duque de Caxias). Pastor Antonilton (igreja da Graça vila São Luiz). Pastor Luciano (igreja da Graça vila Rosário).  Leia aqui o processo.

Após a campanha todos os pastores receberam um “agrado” que seria supostamente de RR Soares , e ninguém falou sobre o assunto. Na época, o pastor Andrade, recebeu uma promoção e foi ser líder estadual da igreja da Graça de Brasilia.




Quanto ao pastor Luciano, foi “dado” uma igreja maior. Ele foi transferido para a igreja da Graça do parque São José .Já o pastor Antonilton teve a sua filha Helen nomeada no gabinete do Marcos Soares em Brasília com salário que seria aproximadamente  de R$ 7 mil reais.

No entanto, nem todos os pastores de Soares foram beneficiados no “plano”de promover os filhos  nas igrejas, sendo para Marcos e Felipe, “cabos eleitorais” na eleição de 2014.  veja o vídeo

O pastor Sandro da igreja da Graça de Cabuçu, por não ter rendido muito na campanha, foi mandado embora da igreja. O pastor Irlei da igreja do lote 15, foi transferido para a igreja da Graça de Paracambi, (município de interior e a quase 100 km de sua residência). Outros passaram humilhação  nas reuniões regionais, onde são apontados como “pastores fracos” “pastores que não sabem fazer o povo votar”.




Ainda  quando se recebeu algum tipo de benefício, e passa a não querer continuar no “plano “, então começa as mudanças.

O pastor Andrade que havia sido promovido para ser líder estadual de Brasília, não queria continuar no “plano” e  pressionado  pediu para sair da igreja e enviou uma carta aos obreiros explicando o motivo da saída. Leia o comunicado aqui

Quanto aos pastor Luciano que não  queria trabalhar nesta eleição de 2018, perdeu sua igreja, e foi “rebaixado” e hoje e pastor auxiliar da igreja de São João de Meriti.

Já o pastor Antonilton que ainda estaria no “plano” pode indicar 3 pessoas para ser nomeadas no município de duque de Caxias. Hoje a sua filha Helen, estaria trabalhando no setor de licitação do município de duque de Caxias, devido a um suposto acordo político da igreja com o atual prefeito .

Também suspeita-se que o vereador do município do Rio de janeiro Dr. Jorge manaia, já esteve no ” plano” de   apoio da igreja da Graça. Porém, cogita-se, que não terá este apoio para a eleição de 2020 por não ter “atendido um suposto pedido do RR Soares”. Estão sugerindo que próximo candidato a vereador do município do Rio pela igreja da Graça, será a Cristiane Postigo (esposa do pastor Rogério postigo, líder estadual do Rio de janeiro).



Nesta eleição os pastores estão com medo mas ao mesmo tempo estão com “raiva”, porque estão sendo pressionados a pedir votos para os filhos do missionário. Sendo que eles depois da eleição, somem da igreja . E só aparecem na época de campanha para pedir votos.

No último sábado dia (11) houve uma reunião no sítio da igreja em duque de Caxias, com todos os pastores do estado, com presença do missionário RR Soares. Está reunião foi para supostamente pressionar os pastores para trabalhar na campanha dos filhos dele.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.