esquema
Lideranças da CEADEB

Um áudio vazou com esquema de corrupção. E nesta terça-feira (27), informações apontam que a denuncia foi recebida pela liderança,  sobre o escândalo de Financiamento ilegal de campanha política pela CEADEB (convenção estadual das Assembléia de Deus no Estado da Bahia).

A denuncia surgiu quando um áudio supostamente do pastor Arilson que seria o administrador da Convenção (CEADB). Na gravação o pastor  revela um esquema de corrupção, onde pede que as pessoas que receberam dinheiro do caixa tragam notas fiscais de postos de gasolina ou combustível para que ele possa justificar as saídas do caixa e usá-las duplicadamente para justificar mais gastos.




As acusações são de um largo e profundo esquema de corrupção que seria chefiado pelo presidente da CEADEB Pastor Valdomiro Pereira que com sua filha Valquiria Nunes e seu genro Pastor Arilson, estariam conduzindo sem intervenções do conselho fiscal, que seria coagido pelo seu presidente, com ameaças de perseguição e de perder a sua igreja.

Pastor George Alves, acusado de matar e estuprar filho e enteado, vai para terceira audiência

Com o impedimento estatutário da CEADEB e eleitoral de não poder utilizar recurso do caixa para campanhas políticas, a convenção assim o fazia e justificava os gastos ilegais através de notas frias e duplicadas. A denúncia ainda contou que a filha de Valdomiro e seu genro estariam respondendo processo na justiça por serem funcionários fantasmas de um gabinete parlamentar e teriam recebido mais de 12 mil reais mensais e não trabalharem.

Segundo as informações recebidas o valor do rombo ao cofres da CEADEB teria ultrapassado mais de meio milhão de reais, num “esquema fraudulento da máfia das notas”. A situação já estaria acontecendo nas eleições de 2014 e se mantiveram neste em 2018.



Esse apoio da CEADEB teria preço e custaria o próprio mandato dos candidatos que pertenceria a instituição. Tendo ela plenos poderes para colocar para trabalhar com os deputados e inclusive ficaria com 70% dos salários da equipe do deputado.

Também foi citada na denúncia recebida por nossa equipe que os membros que não concordam com as atitudes do líder Valdomiro e sua equipe, sofrem represálias, perseguições, disciplinas, exclusões e ameaças. Inclusive funcionários que não recebem seu salário integral, tem medo de falar por julgarem correr risco de vida.

Toda a situação se assemelha em muito ao esquema bancado pelo PT e Cuba no programa mais médicos, onde os governos se beneficiavam de favores e os médicos não recebiam integralmente seus salários.

Pastor de RR Soares, se revoltou ameaça contar os podres que vai causar maior escândalo na Igreja da Graça

O pedido anônimo da denúncia é que o ministério público entre na denúncia e promova uma verdadeira Lava Jato dentro da CEADEB.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.