O filho de um pastor da Assembléia de Deus Madureira , foi denunciado por uma adolescente de 14 anos. Segundo ela, houve abuso sexual, quando ele praticou sexo oral e passou o pênis em suas partes íntimas.

Ela contou a sua mãe que o filho do pastor da igreja a qual era membro teria praticado sexo oral nela. O abuso teria ocorrido durante  aula de canto que aconteciam na casa dele.




O abuso sexual teria ocorrido há cerca de um ano. Porém, somente agora foi denunciado pela mãe da adolescente no último dia (4) em Sinop (480 km de Cuiabá).

De acordo com as informações da mãe que foram passadas a Polícia Civil, a filha canta em um grupo de louvor da igreja Assembleia Madureira. A descoberta  que o filho do pastor, chamava a garota para ir até a casa dele para fazer massagem vocal e massagem no diafragma é recente.



A vítima menor de idade confessou que o suspeito praticou o abuso sexual por meio de sexo oral nela. Ainda segundo a menina, o filho do pastor passava o pênis em sua região íntima. Ela acrescentou ainda que os abusos acontecem desde o inicio deste ano, quando ela tinha 13 anos.  O caso será investigado pela Polícia Civil.




+ Edivaldo Paulo da Silva pastor acusado de estupro se entrega polícia

O pastor Edivaldo Paulo da Silva  suspeito de estupro e assédio a menores de idade se entregou à Polícia Civil na última quinta-feira, 03 de maio. Ele estava foragido desde o dia 03 de abril, quando a prisão temporária havia sido decretada pela Justiça.  O caso do pastor Edivaldo Paulo da Silva foi registrado [continue lendo]

Pastor é preso sob acusação de estupro de menor

O pastor  Jorge Luiz Miranda , 52 foi preso sob acusação de estupro  e as suspeitas e que além da vitima TH de 15 anos, ainda existam mais duas de 17.  O pastor  Jorge Luiz Miranda  é pastor-presidente na igreja Comunidade Evangélica Ministério Fogo no Altar em Pilar- Duque de Caxias.  ¨ Policiais Civis lotados na [continue lendo]

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.