Tonzão foi prendido por uma camisa amarela, números em traços tortos, e um nome escrito a mão em uma camisa que imita ser da seleção brasileira. Assim o garoto da favela carregava nas costas o peso de um dos maiores jogadores que compõe   o time do Brasil na copa da Rússia.




O ex-cantor gospel Tonzão Chagas ainda não tem ostentado nas suas redes sociais. Suas postagens modestas são sempre da comunidade ( favela),  onde afirma em outra postagem que nela foi criado. Entre as cenas de casas  que se empilham uma sobre a outra e a alegria dos humildes que muitas vezes é retratada  pelo artista em sua conta do instagram, um garoto ganhou a atenção do fanqueiro e destaque me seu mural.

A garoto que até dias atrás, era apenas o garoto sonhador que escreveu a mão o nome do jogador Philippe Coutinho em uma surrada camisa amarela, passou a ser conhecido alem dos limites sociais da favela.



Carregando como vestimenta a camisa 11 amarela como orgulho de ser brasileiro,  Wallace Rocha, é  morador e estudante da Vila Cruzeiro, uma comunidade de gente simples na Zona Norte do Rio. Ele tem 12 anos e, no jogo do Brasil contra a Costa Rica, deu um show de humildade e criatividade ao escrever à mão a identificação do seu favorito em campo. 

A intenção de Tonzão é fazer com que a postagem chegue até ao jogador

O  ex-cantor gospel Tonzão  explicou o motivo pela qual fez a postagem do garoto “quero fazer essa foto chegar até o próprio camisa 11 Philippe Coutinho da seleção, pra que ele veja a inspiração que tem causado em meninos das favelas e possa mandar uma mensagem de incentivo ao Wallace ou quem sabe até uma blusa autografada, acho que ele ficaria muito feliz com isso”.

Segundo informações que foram colhidas dos comentários da postagem de Tonzão, o caso social já chegou no jogador que prometeu guardar a camisa para Wallace. Aguardemos!




 

ALOOOOO COUTINHO @phil.coutinho REPOST DE @brunoitan Pessoal eu conseguir encontrar o menino da camisa 11 do Coutinho, obrigado a todos de verdade! Agora eu quero pedir que vocês me ajudem numa missão bem louca. Esse da foto, vestindo a camisa 11, é o Wallace Rocha, morador e estudante da Vila Cruzeiro, uma comunidade na Zona Norte do Rio. Ele tem 12 anos e, no jogo do Brasil contra a Costa Rica, deu um show de humildade e criatividade ao escrever à mão a identificação do seu favorito em campo. Eu quero fazer essa foto chegar até o próprio camisa 11 Philippe Coutinho da seleção, pra que ele veja a inspiração que tem causado em meninos das favelas e possa mandar uma mensagem de incentivo ao Wallace ou quem sabe até uma blusa autografada, acho que ele ficaria muito feliz com isso. O que vocês acham da ideia? Compartilha essa publicação com a hashtag #Wallace11 e marca o Philippe Coutinho nos comentários. Vamos juntos produzir esse encontro entre craques! #philippeCoutinho #nãoèsófutebol #favela #paz #lazer #alegria #fotografia #brunoitan

Uma publicação compartilhada por Tonzão Chagas (@tonzaochagas) em

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.