O Pastor Fausto Rangel, da Assembléia de Deus Belém fez duras críticas ao Congresso dos Gideões 2018, afirmando que Camboriú tem sido um lugar de idolatria.

[themoneytizer id=”16458-1″]

 

O pastor fez uma postagem em sua rede social criticando os Gideões 2018 e os artistas gospel que nele estarão, e chega a fazer alusão comparando-os com Gregos e Troianos.

¨Apareceu nestes últimos anos um lugar que realmente fez ou faz a obra de DEUS com o nome de Gideões 2018  que seria em prol dos missionários. Este lugar que hoje tem sido palco dos megas artistas gospel que ao ser chamado para ir la pregar ou cantar demonstram uma alegria parecida aos artistas seculares ao ser indicado para concorrer ao Oscar.




Pastor diz que Jesus vai defender Lula pastor

¨A idolatria é tanta pelo lugar que há pessoas que contraem dívidas para pagarem por alguns minutos de fama, outros pautam seus ministérios pela aceitação das mensagens pregada ou cantada, que nem se preocupam com as heresias …o importante e impressionar e sair com a agenda lotada, pior que isso é ver gregos e troianos de braços dados sentado na mesma tribuna achando que estão abafando¨



O povo é um capítulo a parte pois nem se preocupam com o caráter do cantor ou pregador, basta ter um pseudo “poder” ta tudo certo.

¨Então em última análise temos em um só lugar grande parte dos cantores e pregadores idolatras do lugar, e o povo idolatrando o lugar e quem lá se apresenta. Os que ficam pagando para lá se apresentar e por último os idólatras do dinheiro que vendem uma oportunidade de DEUS supostamente usar o cantor ou o pregador para trazer uma mensagem ao povo que estão na cidade atrás de uma bênção comprada¨

¨Neste viés quem menos chamaria atenção sério um bezerro de Ouro que nem seria notado diante de tanta concorrência.E espero que ainda desça um Moisés da montanha e acabe com isso ¨ , concluiu o pastor




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.