Um áudio do sobrinho do pastor Reuel Bernardino viralizou nas redes sociais onde acusa o tio atual presidente o vice de serem bandidos, as vésperas dos Gideões 2018.

Desde a última edição realizada em 2017, Gideões 2018 não vai ser diferente. O  pastor Heuel já vem sendo acusada de bandidagem em relação a direção dos Gideões. Inclusive através de uma profecia realizada por dos seus presbíteros o ano passado, sendo ele pai do vice presidente Huelsen, disse que a ¨capa¨ de Reuel Bernardino ia cair.

 

Lista de pregadores Gideões 2018. Será que Isa reis vai estar lá?




Em um áudio que circulando pelas redes sociais Moisés Bernardino, sobrinho do pastor Reuel acusa o tio e o vice Hueslen  de bandidagem.

¨ Quem aí do grupo tirou um print e mandou para Huelsen e para o Reuel, meus parabéns entendeu…você defende este tipo de gente.. e se quiser mandar o áudio pode mandar. São safados entendeu? Os dois! Não estou defendendo o Reuel, mas Reuel está sendo colocado aí e pagando esta fatura sozinho. Mas o sr. Wesley também tem sua parcela de culpa pois está fazendo um jogo  muito sujo ali. Muito sujo, bandidagem, coisa política nojenta que ele está fazendo ali. Agindo pelas costas como amigo do Reuel, mas é terrível então… Se quem mandou o print quizer mandar o áudio também pode mandar. Se de repente você está fazendo isso para garantir o seu empreguinho, para garantir uma moralzinha com este tipo de gente, reveja os seus conceitos, pois a unção que você respeita é a unção que você atrai para sua vida ¨, disse Moisés no áudio



A despeito deste novo áudio, a situação dos Gideões anda meio complica, pois recentemente houve a demissão de 60 funcionários da entidade , a qual muitos estão falando em crise. Até o dia do evento muita sujeira ainda vai sair debaixo do tapete. Embora a última que saiu em forma de revelação, nunca foi realmente esclarecida pela direção da entidade.





Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.