Os pais do pastor John Bryan Holcombe, morto junto com sua esposa, Karla, durante o massacre da Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs, Texas, em 5 de novembro, apresentaram ações judiciais contra a Força Aérea dos Estados Unidos pela morte de seu filho .

O pastor John Bryan Holcombe , foi morto  no ataque a Primeira Igreja Batista de Sutherland Springs,  Joe e Claryce Holcombe, pais do pastor, apresentaram pedidos de morte injusta quase idênticos contra a Força Aérea em 25 de novembro, os  relatórios da San Antonio Current .



Nas alegações de Joe e Claryce, pais do pastor John Bryan Holcombe, afirmam que Kelley, que se matou após o ataque à igreja, foi condenada por abuso doméstico enquanto estava na Força Aérea, mas a Força Aérea não conseguiu inserir essa informação em uma base de dados criminosa federal. O processo exige que, se essa informação fosse enviada, poderia ter impedido a Kelley de comprar uma arma de fogo.

Informações: Cristian Post



Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.