A missionária a Leandra Nascimento usou suas redes sociais para comentar o estado de saúde da pastora Ludmila Ferber. Sensibilizada,  a pregadora observou que esta é a ¨ doença do século, o coração chega doer¨.

Na madruga desta sexta (15) Leandra Nascimento compartilhou uma foto de Ludmila  em sua página do facebook e afirmou o compromisso de estar em oração pela vida da cantora de ¨ Nunca pare de lutar¨.

Ludmila Ferber foi diagnosticada com câncer no fim do mês de maio e exames recentes apontou que a doença está localizada no pulmão em uma das áreas do corpo onde o índice de cura ainda e baixo. Porém, a despeito da redução dos compromissos para tratamento com quimioterpia, a pastora ainda continua cantando e ministrando.




Sabe-se quimioterapia é um dos tratamentos mais complicados com efeitos colaterais devastadores, e  Ludmila já esta usando uma espécie de lenço na cabeça, o que poderia ser o efeito do tratamento que acarreta a queda dos cabelos.

Leandra Nascimento chega a citar a  o desgaste que a busca pela cura traz, além da própria doença: ¨O coração chega doer, o câncer é a doença do século. Como ele maltrata, definha, arrasa¨.

Segundo a missionária, ela estava empenhada fazendo propósito de oração pela cura do câncer. Mediante as condições de saúde da pastora e amiga, a pregadora se comprometeu a intensificar na oração.



¨Eu andei um tempo fazendo propósito de oração para Deus trazer a cura do câncer, e vou intensificar a oração. Deve ter um jeito, e tem. Deus cura! Ele vai fazer descobrirem o remédio. Só quem já perdeu para essa doença sabe o sofrimento que a mesma causa. Perdi meu pai, meu cunhado. Eu sofro junto com essas pessoas. Infelizmente eu não tenho como fazer mais do que estou fazendo que é orar. As vezes me sinto um nada em não poder socorrer quem sofre por conta desta maldita doença¨.

A realidade das estatísticas entristece Leandra  ao observar     o avanço alarmante  da doença no país e com a lamentável probabilidade dos números serem maiores nos próximos anos. ¨ 

¨ Triste é saber que essa doença tem dentro das estatísticas tendência a crescer ainda mais no Brasil, fazendo novas vítimas. Deus nos livre deste mal. Ludmila estamos em oração¨, concluiu ela.



Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.