O desembargador Rogerio Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, concedeu habeas corpus em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso há três meses na Polícia Federal em Curitiba.

O pastor Ariovaldo Ramos que foi uma grandes militâncias evangélicas a favor da soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ainda não se pronunciou sobre  a decisão do Tribunal Regional Federal.




Ariovaldo que tem mantido um papel mais  político do que de pastor, tem como capa da sua página do facebook um tema bastante incomum: “ A igreja tem que estar ao lado do estado democrático de direito e mais: tem de trabalhar para aprimorá-lo, com objetivo de torná-lo sempre mais inclusivo, de modo que,s os mais vulneráveis,tenham garantido seus direitos e acessos ao bem comum”

Talvez o pastor ainda não sobre a  decisão, que é em caráter liminar, deverá ser cumprida com urgência e dispensa o exame de corpo de delito, se assim for do interesse de Lula. Segundo ainda  o magistrado,  a “concessão da ordem de soltura não coloca em risco os pressupostos processuais penais ensejadores da prisão preventiva”.



Ele ainda deixa em destaque que todo o comportamento e postura do réu, desde a instrução criminal até a atual execução provisória da pena, tem sido de colaboração e auxílio às autoridades judiciárias.

O pedido de habeas corpus foi feito na última sexta-feira pelos deputados Wadih Damous, Paulo Pimenta e Paulo Teixeira, do PT.




+ Pastor diz que Jesus vai defender Lula

O pastor Ariovaldo Ramos gravou um vídeo se manifestando a favor de Lula em Curitiba (PR) afirmando que protestar contra a prisão do condenado é a vontade de Jesus.   O vídeo do pastor Ariovaldo Ramos já está repercutindo nas redes sociais e causando enorme debate entre evangélicos reprovando seu comportamento, e os que [continue lendo]

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.