altar e púlbito
Pastora Vera Lúcia

“Deus tem prazer quando morre um juto”. E neste  último domingo (2) a pastora e cantora Vera Lúcia teve um infarto fulminante no altar de uma igreja  Mato Grosso. Seu esposo evangelista amigo usou as redes sociais para informar a todos e causou grande comoção entre os internautas.

“Realizou um sonho que ela tinha”, disse o pastor, deixando subentendido que a pregadora pudesse ter o sonho de morrer ministrando no altar. ”Deus é bom, Deus é bom e ela caiu  já em óbito e Deus tomou pra si”,falou seu esposo numa live que tinha por objetivo informar o falecimento da cantora e informar sobre data e local do sepultamento.




O evangelista fez a transmissão através do próprio facebook da pastora, o qual utilizava para  comunicar com seus seguidores e amigos. A notícia da repentina morte da cantora trouxe muita surpresa e consternação entre familiares e amigos.

“Partiu pro senhor essa e a nossa alegria, vai fazer muita falta pros nossos corações. Mas Deus sabe o que faz e tudo o que Deus faz é bom e ela estava preparada”, afirmou seu esposo visivelmente emocionado. “O coração está arrebentado mas a gente sabe que lá no céu ela está descansando”,disse em tom de conforto.

E pediu que a notícia fosse compartilhada para que alcançasse os amigos e admiradores da cantora.



Não é o primeiro caso de pastores que morrem pregando a palavra este ano. No início ainda deste ano, em fevereiro, o pastor Walter Vieira do Centro evangelístico de Mutuá ,São Gonçalo no Rio de Janeiro, caiu no chão do altar vítima de um infarto fulminante e não resistiu.

Em seguida em Agosto,o pastor Rosinei marcos (ex-macoinha, como era conhecido) veio a falecer no altar da igreja que ministrava a palavra. Também vítima de um infarto, em várzea paulista, no  interior de São Paulo.

Pastor é baleado durante culto transmitido ao vivo

Tais situações levantam o questionamento sobre a ação de pregar, o quanto força o organismo do pregador. Uma pesquisa já conhecida de muitos relata que 1 hora de pregação equivale ao trabalho mental de 10 horas um operador de britadeira. Fica o questionamento de como os pastores tratam a sua saúde e até mesmo com que intensidade devem pregar resguardando suas próprias limitações físicas.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.