Pastor Daniel Palmeira dá mal exemplo aos fiéis ao se envolver em ações fraudulentas na Câmara Municipal, onde é vereador

Na manhã desta quarta-feira, 14, o pastor evangélico e vereador e Pastor Daniel Palmeira foi preso. O vereador do município de Catanduva, foi detido pelo Grupo de operações de atuação especial GAECO. Policiais que tem trabalhado arduamente para combater as organizações criminosas no interior de São Paulo.




De acordo com o site Bom Dia SP, Daniel Palmeiras foi preso pelo crime de superfaturamento em licitações. O Pastor  comprava de cofres e armários na Câmara de Jaboticabal e outras cidades. As informações são que ele vinha sendo investigado e resultou na condenação do vereador.

O político religioso, presidiu a Câmara Legislativa de Catanduva de 2014 à 2016. Pastor  Daniel Palmeiras é líder também da Igreja Assembleia de Deus  – Ministério de Catanduva, ao qual no ano de 2014 ele tomou posse da igreja sob protestos.

Na época, Daniel ingressou com três ações contra até então diretoria da igreja.  Ele pedia quebra do sigilo bancário, requerendo a destituição da diretoria e a nomeação dos interventores.

Não concordamos com os atos da atual diretoria, que agiu de forma irregular, ao induzir os pastores a assinarem lista de presença em reunião, sem saber que estavam votando em eleger o atual presidente”, ressalta. Palmeira



afirmou ainda que não tinha interesse em comandar a igreja e nem fazer parte de sua diretoria, mas atuava pela transparência dos atos administrativos.

Esperamos que a igreja recupere o seu prestígio, como nas décadas em que foi criada, além de ter de volta a sua honra e ordem”.



Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.