Um pastor evangélico está sendo acusado de abuso sexual. Segundo denuncia dos próprios familiares, os abusos começaram quando a menor tinha apenas 10 anos de idade.

Ultimamente estamos presenciando dezenas de denuncias  de abuso sexual no meio gospel , na maioria praticado por pastor. Geralmente as vítimas estão abaixo dos 14 anos.

Cantora Gospel se apresenta em casamento homoafetivo




Desta vez, é um pastor de uma igreja na cidade de  Colombo, e está sendo acusado pelo Ministério Público e pela própria família de abusar sexualmente da neta durante dois anos.

O caso somente veio à tona porque  a menina , que hoje tem 16 anos, começou manter distancia  do pai, filho do pastor que esta sendo acusado de abuso sexual, José Heraldo Michaki.

Polêmica: AD de Madureira realiza primeiro casamento Gay em Minas Gerais

“Por ser parecido na fisionomia e no jeito, ela  começou a conciliar a imagem do pai com a imagem do avô e começou a ter um bloqueio.  Quando o pai chegava perto ela ficava com medo”, explicou a mãe da vítima, Katia Regina Deminski.



Katia também explicou que os abuso sexual geralmente ocorria quando a menina e o irmão mais velho iam dormir na casa dos avós.

“Ela levantava e ia assistir televisão, até que um dia o avô chamou para ir assistir no quarto com ele. Na primeira vez começou a passar a mão e a tirar a roupa dela, a fazer carinho nas partes íntimas. Ela não gostou e começou a chorar, falando que não queria aquilo”.

+Mulher pelada invade culto de igreja no paraná

A garota que foi vitima do própria avô A vítima, contou que no início achava normal ser convidada por ele para ir ao quarto.

“Ele começou a fazer carinho no meu cabelo, e nisso eu já fiquei ‘ah, normal, meu avô, não vai fazer mal algum’ e ele pegou e começou a passar a mão nos meus seios e foi indo para baixo, e tirou minha calça. Eu fiquei sem entender, eu não sabia o que estava acontecendo, fiquei bem assustada. Aí ele levantou da cama e veio para o outro lado e começou a mexer nas minhas partes íntimas, começou a me beijar no corpo inteiro”.



+Vídeo: pastor de Valdemiro Santiago da Igreja Mundial, acusa outro de roubo e feitiçaria

Segundo ainda a menina  afirma não querer  forçar para não lembrar todos os  abusos que sofreu.Contudo revelou que tinha medo.

“Eu tinha muito medo, tanto que quando eu contei eu fiquei ‘meu Deus, o que eu fiz’, por causa da minha família. Fiquei até meio arrependida, pois tinha medo da minha família se distanciar, isso que está acontecendo agora, mas foi o melhor a se fazer”.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.