Pastor George Alves, acusado de estuprar e atear fogo nos filhos ainda vivos em Linhares , Espirito Santo,  nesta quarta-feira (4) foi indiciado por estupro, e a  informação corre aso quatro cantos divulgados pela reportagem da TV Gazeta e  no Jornal Hoje desta segunda-feira (9).



O pastor George Alves ainda continua preso, porém, a situação do pastor que foi preso justamente pelos crimes de estupros e assassinato, pode se complicar ainda mais.

Logo depois que sua esposa Juliana Salles também foi presa acusa de ser cúmplice do crime, uma mulher procurou a polícia para denunciar o crime cometido pelo pastor George Alves que aconteceu em 2015. Na época o  inquérito havia sido  encerrado,porem agora, o pastor responde por mais um crime de estupro.




A defesa do pastor  diz que a perícia será contestada, que o casal George Alves e Juliana Salles é “vítima de uma tragédia e que a acusação usa a mídia para criar uma culpa inexistente.

com informações: G1




+ Pastor Absaì Junior da igreja de George Alves se pronuncia e abandona o ministério

O pastor Absaí, da igreja Batista Vida e Paz, que também era a igreja do pastor George Alves, fez um vídeo se pronunciando do ´porque deixou a igreja após a prisão dos lideres George Alves e Juliana Salles. ” Estou fazendo este vídeo para poder comunicar que hoje eu não faço mais parte da Batista [continue lendo]

+ Sara sheeva abre o verbo e fala sobre crime cometido por pastor George Alves Juliana Sales

Nesta última segunda-feira (25)  a cantora e pastora Sara Sheeva se pronunciou sobre o caso do Pastor George Alves acusado de estuprar e queimar vivas duas crianças,a saber,um seu filho e outro enteado de 6 e 4 anos.A palestrante mostrou a sua indignação e colocou trechos do interrogatório feito ao pastor pela polícia,e disse que esse [continue lendo]

+ O crime de George Alves e Juliana Salles foi premeditado.

A decisão judicial que determinou a prisão da pastora mãe  dos meninos Kauã, de 6 anos, e Joaquim, de 3, afirmou que o crime foi premeditado pelo casal Juliana Salles e George Alves. Dadalto é o responsável pelo pedido de prisão da mãe pelo crime cometido contra os meninos que, segundo concluídas as  investigações, sabia [continue lendo]

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.