Pastor Gétero Augusto de Campos, que quase foi esfaqueado por um homem durante um culto transmitido ao vivo pelo Facebook.  Getero contou ao G1 que teve  medo de morrer quando viu o rapaz com a faca indo em sua direção. De acordo com ele, o jovem alegou que ficou irritado ao ouvir um música na igreja e que, por isso, resolveu atacá-lo para “testar se Deus era Deus”.

“Depois que os membros da igreja conseguiram detê-lo e a polícia o levou para a delegacia, ele disse que ouviu o louvor que canta que ‘se Deus fizer é Deus e se não fizer, continua sendo Deus’ e ficou irritado porque a mãe dele continua cega. Então, ele alegou que resolveu me esfaquear para ver se Deus era Deus mesmo e quis testar. A ação dele assustou todo mundo. Foi só gritaria. Pânico total”, contou Gétero.




Este caso aconteceu no domingo (5) na igreja “O Brasil para Cristo”, em Tatuí (SP). A transmissão ao vivo do culto na página da igreja no Facebook mostrou o momento em que o Pastor Gétero quase foi esfaqueado.

O pastor acrescentou que conhece o jovem há anos, pois ele mora ao lado da igreja. “Conheço ele desde pequeno. Ele mora vizinho da igreja. Em 17 anos que sou pastor, essa foi a primeira vez que aconteceu isso comigo. Meu pai era pastor e já vi gente entrando na igreja e xingando, mas de invadir púlpito e com faca, não. Foi um susto muito grande para todos”, relatou



 Segundo o pastor Gétero, após o ocorrido, o culto continuou normalmente.

“Claro que assustou muita gente. A igreja ficou em pânico. Minha mulher ficou assustada e meu filho correu pra tentar conter o homem. Mas depois do que aconteceu, preguei a palavra que, por coincidência, era sobre como a igreja deve ficar preparada para qualquer situação, já que vivemos em um mundo em que tudo pode aconteceu”, disse






Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.