Pastor de RR Soares pediu arrego
Pastor de RR Soares faz retratação

O pastor  de RR Soares que teve um áudio divulgado prometendo detonar o líder da Igreja da Graça afrouxou e gravou um vídeo de retratação.

Ainda não se sabe se o pastor foi coagido  por  RR Soares ou por algum membro de equipe da Igreja da Graça a fazer retratação. Por enquanto qualquer afirmação é mentirosa.




Porém as ameaças que o pastor Edson Barros fez contra RR eram pesadíssimas. Em um trecho de um dos áudios, Barros relata  até pastor que ” deu o [email protected]ú”, estava sendo protegido pelo alto escalão da igreja. E segundo ele, que estava trabalhando certinho não tinha apoio das altas lideranças.

Pastor que está apoiando Haddad recebeu mais de12 Milhões para sua fundação.

Inclusive, ele chega a citar um dos filhos do RR Soares. Marcos Soares  que foi  candidato a deputado . Ele sugere ter sido supostamente coagido a fazer campanha.

 

Foram dois áudios divulgados pelo pastor. Noutro ele dizia que estava perdendo o sono. Quando dormia, seria a base de remédios. Com a voz embaraçada, talvez por conta dos remédios fortes, ele diz claramente ter tentado se matar, ingerindo os medicamentos.

Os áudios ganharam grande repercussão e foi postado em nosso canal. Devido o arrependimento do pastor que entrou em contato expondo seus “sentimentos”, tiramos o vídeo do Youtube.



A palavras que o pastor usou para expressar sua indignação que seria por conta de uma suposta redução de salário, foram sem medidas.  A despeito de outros pastores já terem denunciados, estarem sendo trocados de cargo e reduzidos os seu salários, Edson se retrata.

Ratificando, a matéria não traz nenhuma afirmativa. Nada além daquilo que foi denunciado pelo pastor  da igreja da Graça, tendo como seu líder RR Soares.

O Buxixo tomou cuidado em guardar os áudios após exclusão do canal para evitar futuros embaraços.

CONFIRA O VÍDEO




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.