A comunidade evangélica do Estado do Paraná está em Polvorosa, com um escândalo de uma uma dívida  ,que veio a tornar-se público com as investigações do MP sobre a administração da Igreja Assembléia de Deus de Maringá, que  o pastor Robson Brito teria contraído dívidas milionárias. Templos estão sendo leiloados  para pagar suas dívidas. O fato tem   gerado muita revolta por dentro da instituição  e uma  denuncia foi feita  ao Ministério Público do Paraná.




O presidente da Igreja Pastor Robson Brito é acusado de improbidade administrativa. As dívidas que ele adquiriu para a denominação fez com que a igreja começasse a perder seus bens e templos. As informações é que 12 templos da cidade já foram vendidos ,tal situação fez com que os próprios membros procurassem o promotor de justiça,da 6ª vara,Maurício Kalache que impetrou a denúncia e abriu investigações. O pastor foi intimado a comparecer diante do promotor para prestar esclarecimentos sobre a administração da igreja no dia 05 de julho.

 A reunião feita com advogados e pastores da igreja com Brito, diante do promotor não terminou bem ,pois o Pastor Robson Brito recusou-se a assinar o termo de ajustamento de conduta, onde ele deveria aceitar uma auditoria nas contas da igreja sem qualquer impedimento,e o termo também requeria o seu afastamento por 180 dias da presidência da Ieadcemar. Brito saiu retirou-se sala repentinamente , como uma atitude desrespeitosa para com os presentes.



A CIEADEP emitiu uma nota informando os últimos acontecimentos,dando ciência a todos do comportamento do pastor,que teria sido convidado a prestar esclarecimentos em uma reunião interna, antes que a denúncia se instaurasse, que o pastor não compareceu. E diante do promotor a recusa também foi iminente, tendo assim restando a promotoria prosseguir com todos “os processos investigatórios cíveis e criminais contra a gestão da IADECEMAR”,dizia a nota.

Os sites locais tem dado ampla cobertura sobre o caso,que,de dentro da igreja foi parar nos tribunais e tornou-se de conhecimento de todos na cidade de Maringá e acompanham os novos fatos.




Clique aqui e leio o documento na integra

Nota CIEADEP 06-07 (1)

Por: Priscilla Ribeiro

+ Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá tem dívida milionária e bens leiloados (Pastor Robson Brito)

O pastor Robson Brito ,presidente da Igreja Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá, vai ser ouvido nesta quinta-feira  pelo promotor de justiça Maurício Kalache, da 6ª Promotoria de Justiça, sobre a crise na Ieadcemar. Segundo informações, a dívida da Igreja Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá é de alguns  milhões de reais, [continue lendo]

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.