Bolsonaro vai na igreja de silas
Bolsonaro vai na igreja

 

O pastor Silas Malafaia recebeu em sua igreja a visita célebre do recém eleito presidente  Jair Messias Bolsonaro no culto desta última segunda-feira(30).

Bolsonaro foi agradecer na igreja de Silas Malafaia pelo apoio massivo a candidatura dele, bem como a maioria de todos os evangélicos do Brasil. Jair recebeu a oração de Malafaia que pediu que Deus o enchesse de sabedoria para conduzir a nação.




O próprio Malafaia foi um dos cabos eleitorais  de Bolsanaro. Ele ardentemente gravou  vídeos a cada notícia ou fake News vinculado a Bolsonaro para defender seu amigo. A mulher de Bolsonaro, Michelle já foi membro no cultos de Malafaia. Inclusive ele realizou o casamento dela e Jair.

Cantora gospel manda indireta: ” Nunca precisei de polêmicas para chegar onde cheguei”

Após o escândalo dos 100 mil  depositados na conta de  Malafaia como oferta que  seria  de propina, as relações  teriam ficado estremecidas. Tudo porque Malafaia exigiu o pronunciamento de Bolsonaro em defesa do dele, fato que não aconteceu.




Tal situação teria criado uma indisposição para Michelle continuar congregando no templo de Malafaia.

Ela mudou-se e levou consigo seu esposo Bolsonaro. Jair  acompanha quase que a todos os cultos na Batista Atitude na Barra da Tijuca. Entretanto, isso são águas passadas, porque tudo foi resolvido e Malafaia foi um grande aliado nas eleições.



Quando o candidato sofreu a facada, Malafaia foi um dos primeiros a aterrissar em Juiz de Fora para ver o então aclamado Bolsonaro.  Inclusive ele fez uma notificação importante nesta terça (30) em seu instagram. Comunicou que todo o dinheiro economizado de sua campanha será doado para a Santa Casa de Juiz de Fora.

Acidente na gravação do programa Show da Fé do missionário RR Soares deixa vários fiéis feridos




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.