O pastor líder da ADVEC, é uma das lideranças religiosas mais influente no meio cristão e cabo eleitoral de Bolsonaro. Silas Malafaia, foi o primeiro pastor a ir no hospital orar pelo candidato Bolsonaro.

O Brasil se pôs a orar , quando o presidenciável foi levado as pressas para o hospital, logo após tomar uma facada, enquanto fazia um ato  de campanha.



 O homem que  esfaqueou Bolsonaro foi identificado como Adélio Bispo de Oliveira . Ele foi levado para a delegacia e preso para investigações e para preservação da sua própria vida, pois logo após o ataque Adélio foi detido pelo povo que estava no comício e foi quase linchado pela população

+ depois da tentativa de assassinato, Bolsonaro grava vídeo do hospital e manda recado para Magno Malta

Ainda em recuperação no hospital, Bolsonaro recebeu a vista do pastor Malafaia. Silas   tem se dedicado a defender o candidato com unha e dentes, e apoia-lo nas suas midias sociais.



E durante a visita a Bolsonaro no hospital, Malafaia afirmou que Deus é especialista em transformar situações em bençãos.

” Eu disse pra ele que Deus é especialista em transformar causa em benção. A gente não entende…Não é vontade absoluta dele não. Deus permite certas coisas acontecerem”, frisou Malafaia.

+ Descubra quem é Michelly mulher que o pastor Silas Malafaia casou com Bolsonaro

o senador Magno Malta que é apontado como braço direito do candidato a presidência da republica, também estava presente. Segundo o pastor Malafaia Magno já tinha orado por Bolonaro.


Silas também acalentou o candidato dizendo que milhões de brasileiros estavam orando por ele. Ainda afirmou que Deus tinha plano na vida de Bolsonaro e não seria as pessoas que são contra os valores cristãos que iriam para-lo.



Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.