Um vídeo de uma  mulher invadindo um culto da Igreja do Evangelho Quadrangular, em Belo Horizonte, acusando um pastor de estupro, era assunto vinha circulando nas redes sociais. Sete vitimas pelo menos denunciou  o pastor Wilson Jorge Ferreira, e o pastor acabou sendo preso pela Polícia Civil de Minas Gerais que deflagrou a Operação Libertação,   na manhã desta terça-feira (13)

O pastor foi preso  em sua casa em Contagem, detido preventivamente. Também foi cumprido um mandado de busca e apreensão na residência dele, sendo apreendidos diversos aparelhos eletrônicos.

Pastor Marcos Pereira poderá ser preso novamente a qualquer momento.

 



O pastor Wilson Jorge Ferreira  pastoreava pelo menos  há 25 anos, ele vinha sendo investigado por diversos abusos sexuais e por estupro de vulnerável. Se confirmadas todas as acusações, o número de vítimas pode chegar a 15, incluindo uma menina de 12 anos. Todas as mulheres frequentavam igrejas lideradas por ele.

Wilson ficou conhecido pelo apelido de “Maníaco da Orelha”, pois sempre iniciaria seus assédios lambendo as orelhas das vítimas.

[themoneytizer id=”16458-23″]

 

Em nota, a Igreja do Evangelho Quadrangular revela que desde 26 de fevereiro, ele estava afastado das funções, após os crimes terem sido denunciados.

“Quando as acusações vieram a público, a Igreja não tinha conhecimento de tais condutas do pastor. No dia, 26/02/2018, o mesmo foi afastado de suas atribuições de pastor, em caráter preventivo de suas funções ministeriais de acordo com o estatuto da igreja, para que os fatos fossem apurados tanto pela Justiça, e conforme o critério disciplinar interno”, afirma o texto.

 Com informações de Extra




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.