O comediante pastor Cláudio Duarte que faz humor, muitas vezes com trechos da Bíblia, se vê novamente na mira das críticas do internautas.



Desta vez o pastor Cláudio Duarte fez piada dizendo que não queria influênciar ninguém a votar no Bolsonaro, mostrando a camisa.

” Nos pastores estamos na embaixada, nós estamos indecisos eme quem nos vamos votar. Não queremos influênciar ninguém”, disse mostrando a caricatura do candidato Bolsonaro.

A piada pode ter sido engraçada, ao ponto dos pastores que estavam com ele gargalharem. No entanto, nem todos os internautas acharam cômico.

” Não dá pra esperar postura diferente de um cara que monetiza fazendo piada com a palavra de Deus. Usa os púlpitos pra fazer comédia e enriquecer. Mas sabe o que é legal nisso tudo? A máscara dos crentes caiu, vocês estão se mostrando como são. Só compram as pregações de vocês quem está com a visão obscurecida pela ilusão.”, comentou um internauta.

Print




+ Pastor Cláudio Duarte se irrita com internauta que disse .”Está caro te ouvir pregar”

Os comentários foram muitos, e talvez o pastor não esperasse dos seus seguidores a reação que tiveram com a postagem.

Nesta última semana, quando Duarte intensificou nas suas redes sociais a propaganda para Bolsonaro, várias criticas surgiram. Inclusive, o próprio pregador gravou um vídeo onde contou que estava perdendo seguidor. Polêmicas por conta da sua posição política deixam milhares de seguidores descontentes. Já na reta final da eleição, ele e Silas Malafaia estiveram em uma live com Bolsonaro.



Este foi mais outro motivo que desencadeou uma chuva de dissidentes da sua rede social. Em uma das suas últimas o pastor cegou a fazer um também um vídeo para rebater a sua qualidade de influêncer. Disse que prega contra separação e ninguém o ouvi. Mas quando para se posicionar politicamente passam a ouvi-lo. Mas sempre com críticas.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.