Fim do ano de 2017 tem sido um dos piores  fins de anos para o meio evangélico, que alem de assombroso, tem levantado muitas questões do porque pastores estão cometendo suicídio. Com a morte da pastora Lucimari Alves Barro  da igreja Quadrangular, soma-se o terceiro suicídio de pastor.

A pastora Lucimari Alves Barro,casada com o pastor Sandro de Barro ,era da igreja quadrangular de Criciúma. Por motivos ainda não esclarecidos nem pelo próprio marido, nesta quinta (27), sem deixar bilhete, ou alguns indícios do porque, a pastora se lançou no mais profundo, ao cometer suicídio por enforcamento.

 

Pastor da Assembléia de Deus Madureira comete suicídio




Desolado, o pastor Sandro, seu marido, busca no sobrenatural  o consolo, para  aquilo que,  humanamente falando é inconsolável. Em sua pagina do Facebook, o esposo apaixonado, faz apelo comovente ao Espírito Santo, já que nenhuma explicação, por mais coerente que seja,  seria capaz de aplacar a dor da perda.




Em seu gemido, que vai na mais profunda desolação pela morte  sua esposa, ele relata que a conhecia desde os seus  14 anos.

Que momento é esse? É muita dor Senhor, me ajuda meu amigo espírito santo… desde os 14 anos de idade nunca amei outra mulher você foi para mim um achado, um tesouro que não se mede valor, seu sorriso sempre foi minha alegria, te amei com todas as minhas forças… desculpa minha linda” , escreveu ele.

Antes que a pastora Lucimari Alves Barro tomasse a decisão de encerrar sua vida, ela fez uma última postagem no seu Facebook, que alem da música compartilhada de Priscilla Alcântara ¨ Liberdade¨ também fez uma legenda. 

¨É por isso que celebro o natal…”a liberdade me ensinou a voar…” Aleluia!¨, escreveu a pastora



Embora seja um ato debatido por teólogos e pastores, quanto ao ato em si, uma internauta mais atenta, busca em meio ao caso, decifrar o momento em que a pastora estava vivendo. E segundo ela, não era de alegria, muita tristeza e solidão.

¨ A verdade é que ninguém sabe a dor que cada um carrega dentro de si, até porque muitos morrem com a dor, porque se confessam, muitas vezes são discriminados, julgadores, e etc… mais amor, menos condenação. Que Deus conforte a família pois a dor é sempre dos que ficam¨, disse a internauta




O suicídio, assim como o da pastora Lucimari Alves  Barro, ainda será uma das perguntas.  Os pastores, jamais encontrarão a resposta para tantos porquês. Como disse o pastor Josué Brandão, ¨somente a eternidade poderá responder¨¨.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.