O cantor sertanejo Wesley Safadão, vive momentos de glória na carreira musical, e também uma grande polêmica envolvendo sua atual esposa e a ex, por conta de um embate judicial para redução de pensão.

Mas parece que a polêmica chegou ao fim nesta  sexta-feira (27), quando compareceu à audiência sobre revisão da pensão do filho mais velho, Yhudy. 

Ele já havia concedido uma entrevista ao jornal ‘Folha de S. Paulo’. Na ocasião, ele afirmou que estava sendo  injustiçado, pois é um pai dedicado.



o cantor que já se declarou evangélico e já se batizou na Igreja Batista da Lagoinha como afirmação da fé, disse  que não descarta a possibilidade de virar cantor gospel.

Contudo a outra polêmica sobre o cantor ser evangélico e cantar música secular. Mas o cantor afirma que ouve sempre  música gospel e que o público evangélico pode esperar algo por aí. Algumas pessoas sugerem que músicas voltadas para pessoas crentes em seu atual repertório, como Luan Santana já fez no passado.




Quanto a posição do cantor, ainda voltada para o público secular, tem sobrado criticas.

“Tem gente que critica o fato de eu cantar e ser cristão. Mas não ligo. Estou em lugares onde pastores não conseguem ir. Sinto paz com isso. Se amanhã ou depois, Deus quiser que eu cante outra coisa, em outro lugar, eu canto”, contou.

O assunto nada haver com toda polêmica que tem vivido nos últimos dias, o cantor Safadão  chegou a ser cogitado na política neste ano, mas  a ideia não vingou. Ainda sobre política e  as eleições para Presidente neste ano,  ele ainda não tem predileto : “Ainda não me decidi”.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.