O pastor Orcival Xavier  presidente da ADEB, por meio do ministério da Assembléia de Deus Brasilia, esta prestando  apoio político a  uma das grandes  Defensoras do Brasil das Causas LGBT´s, Eliana Pedrosa.

O presidente da ADEB, pastor Orcival Xavier, dirigente da assembleia Brasília registrou apoio a  candidata ao Governo do Distrito Federal. Por meio de um vídeo que passou a circular na internet é possível ver um pastor ligado a ADEB claramente exigir da candidata algumas pautas ligadas a família, como a questão do aborto. veja o video.

No entanto, dentro de uma doutrina moral religiosa, pregada pela instituição, o homossexualismo está longe de ser aceito como ideologia. Sabe-se que  a igreja ainda prega que ” Deus fez o homem e a mulher”. 




No entanto, para o pastor Orcival Xavier , passar por cima de toda filosofia religiosa,  algo maior pode estar por trás, para abrir mão de toda ideologia, sabendo, que o futuro governante, possa lhe impor leis que vá totalmente contra tudo o que acredita.

+ Apoio da ADEB a candidata defensora de causas LGBT causa Polêmica entre fiéis

Esta aliança política controversa, poderia ser para alicerçar alguns cargos no ministério, se Eliana Pedrosa ocupar a cadeira de governadora de Brasilia. Visto que um membro ligado a igreja do pastor Orcival Xavier, chegou a citar em suas redes sociais, que 90% dos familiares do presidente da ADEB, supostamente ocupam cargos públicos, menores , ou de confiança do governo.

E um dos parentes que estavam em cargos seria Dianna Xavier, esposa do pastor Orcival Xavier e o pastor Lázaro Juliano da Silva Filho seu primo de terceiro , ou segundo grau. O pastor Lázaro, foi secretário de Cultura e chefe de Gabinete na gestão do ex-prefeito, e Dianna de Paiva Rosa Xavier, funcionária fantasma do Creas.



Em  abril de 2015, Dianna foi indicada para o cargo de assessora auxiliar II de gabinete, mesmo  ela nunca ter residido em Novo Gama.

Posteriormente Dianna  foi exonerada daquele cargo e nomeada para ocupar o cargo na  comissão de assessora técnica de programas de proteção social especial do Creas.

Porém, quando foi acionada confessou nunca ter exercido a função. Assim, em virtude da omissão, conivência consciente e voluntária dos envolvidos, inclusive o pastor  Lázaro, Diana recebeu sua remuneração durante os mais de 13 meses em que manteve vínculo formal com a prefeitura de Novo Gama. Isto, sem no entanto, desempenhar as funções correlatas, ou seja, foi apenas servidora “fantasma”.




Os prejuízos causados pela esposa do pastor Orcival por receber salários, sem desempenhar a função, chegou a R$ 30.043,56. A promotora a sentenciou  ressarcir o dano causado. Tudo devidamente atualizado e acrescido de juros, além de outras sanções previstas na Lei de Improbidade Administrativa.

Além do apoio que a ADEB está dando a Eliana Pedrosa, o que mais tem revoltado os membros da igreja,  mesmo o caso ter vindo a tona em fevereiro deste ano, tanto Dianna Xavier, esposa do pastor Orcival Xavier, e o pastor Lázaro, não tiveram nenhuma disciplina quanto as funções ministeriais.

Os membros foram questionar Orcival, sobre como ficaria a situação de ambos   que acabaram se tornando escândalo. ” Eu não quero falar, momento. Eu não vou falar nada sobre isso”, disse ele.




Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.