O segredo dos Deuses e o segundo programa da série de reportagens  do canal de televisão português TVI. A reportagem revelou mais detalhes sobre a suposta “farsa” montada para adoção de crianças portuguesas. Envolvimento de Viviane Freitas, filha do bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus.




 

Segundo o relato na reportagem segredo dos Deuses feito por uma ex-funcionária do lar onde as crianças teriam sido adotadas, Edir Macedo se encantou por três irmãos, filhos da mulher entrevistada pela reportagem, identificada apenas como “Maria”. “Olha, aqui estão umas crianças para o Júlio e a Viviane”, teria dito o líder religioso à esposa, segundo a ex-cuidadora que diz ter presenciado a cena. Em seguida, Macedo teria levado as fotografias de volta à Califórnia, para mostrá-las à filha e ao genro.



“Não me pareceu estranho, porque sabia que a filha e o genro [de Edir Macedo] não queriam ter filhos. Achamos que os pais [biológicos] haviam mandado as crianças para adoção”, disse a entrevistada

Viviane Freitas, conta a história da adoção dos seus filhos em um blog pessoal. Ela chega a narrar, em um dos relatos, que lembra  ao se deparou com as fotografias das crianças. No texto exibido na reportagem, datado de 15 de dezembro de 2015, ela descreve Vera como parecida com o seu marido. “Alguém parecido com o pai, cabelinho preto e sobrancelha grossa”, diz o texto.




Após escolher as crianças, o processo de adoção teria sido feito por intermédio de  Alice Andrade. Ela era antiga secretária pessoal de Edir Macedo. A ajuda foi necessária pelo fato de Viviane Freitas não ter idade suficiente para adoção na época nem residência em Portugal, o que era exigido no país. Mais informações sobre o assunto serão divulgadas nas próximas reportagens da série.

Informações noticiasaominuto



Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.