Valdemiro Santiago é citado em delação premiada pelo ex-governador Silval Barbosa

Na delação premiada, o ex-governador Silval Barbosa contou que vendeu 50% da Pousada Cristalino ao apóstolo Valdemiro Santiago . Silval também relatou na , que levou o apóstolo para conhecer a área em 2014, quando ainda era governador do estado. O evangélico demonstrou interesse na compra da área próxima ao rio e houve uma negociação verbal no valor de R$ 1,4 milhão.

Silval acrescentou na delação, que Valdemiro não efetuou o pagamento e foi procurado pelo irmão do ex-governador, Antônio Barbosa, que recebeu notificação da Sema (Secretaria de Meio Ambiente) para desapropriar o local. Ele cobrava o valor da transação.

“Por volta de maio de 2016, foi feita uma nova negociação em que Valdemiro se comprometia a pagar R$ 900 mil por metade da propriedade e a outra metade continuaria em posse de Antonio” contou

Antônio, irmão do ex-governador que já vinha negociando com o pastor Valdomiro Santiago, concluiu a venda de 50% da área. Na época da transação, Silval já se encontrava detido em função das investigações dos casos de corrupção em sua administração

A nota explica que a transação da área foi discutida entre o Bispo Rildo Teixeira, representante da Igreja Mundial do Poder de Deus em Mato Grosso, e o irmão do ex-governador, Antonio Barbosa. A área foi comprada em nome da esposa do líder evangélico, Francileia Mendes.

Valdemiro nega que fez negociação, tanto com Antonio, como seu irmão silval.

Valdemiro relatou que se encontrou uma única vez com o ex-governador em público em passagem por Cuiabá.

“O único encontro entre ambos deu-se em Culto evangélico ministrado pelo Apóstolo perante milhares de pessoas no Estado do Mato Grosso, quando o então Governador lá se dirigiu pedindo oração”, disse ele por meio de nota.

A nota do pastor explica que a transação da área foi discutida entre o Bispo Rildo Teixeira, representante da Igreja Mundial do Poder de Deus em Mato Grosso, e o irmão do ex-governador, Antonio Barbosa. A área foi comprada em nome da esposa do líder evangélico, Francileia Mendes.

“A transação foi intermediada pelo aludido Bispo e por representantes da família de Antonio Barbosa, restando a compra realizada pela esposa do Apóstolo, Bispa Franciléia de Oliveira, observando todos os aspectos legais vigentes”.

Veja a nota na íntegra

Valdemiro Santiago de Oliveira, líder evangélico fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, por seu advogado que esta subscreve, em face da matéria veiculada envolvendo o ex-governador do Mato Grosso, Sr. Silval Barbosa, vem esclarecer o quanto segue:

1.) O Apóstolo Valdemiro Santiago de Oliveira nunca manteve ou mantém qualquer relacionamento comercial, financeiro ou empresarial com o ex-governador Silval Barbosa.

2.) O único encontro entre ambos deu-se em Culto evangélico ministrado pelo Apóstolo perante milhares de pessoas no Estado do Mato Grosso, quando o então Governador lá se dirigiu pedindo oração, participando do referido culto, fato este presenciado por milhares de pessoas.

3.) A proposta de venda de parte da área, que não trata-se de fazenda, mas sim de rancho adjacente a rio, foi ofertada em outra ocasião, pelo Sr. Antonio Barbosa, irmão do ex-governador, junto ao Bispo Rildo Teixeira, então representante estadual da I.M.P.D. (Igreja Mundial do Poder de Deus).

4.) A transação foi intermediada pelo aludido Bispo e por representantes da família de Antonio Barbosa, restando a compra realizada pela esposa do Apóstolo, Bispa Franciléia de Oliveira, observando todos os aspectos legais vigentes.
5.) Desta forma, solicitamos a devida correção da matéria publicada, com os devidos esclarecimentos.

Atenciosamente.
Dennis Benaglia Munhoz
OAB/SP 92.541

folhamax

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *