Pastor

Funkeira Perlla revela da intimidade do marido ¨ Era crentinho virgem!¨

 Funkeira Perlla  terá um encontro com no o ‘Luciana by Night’ . O programa está quentíssimo e  vai ao ar nesta terça-feira (28).

Na troca troca de idéias , a  Funkeira Perlla  falou sobre vários assuntos, entre eles o preconceito que sofreu com o retorno para o funk, depois que desistiu da música gospel.

“Quando voltei para o funk muita gente me criticou, principalmente do público gospel. Já me separaram do meu marido dizendo que ele seria corno só porque eu voltei para o funk”, desabafa sobre este recomeço, defendo seu ofício: “O funk dá muita oportunidade para as pessoas. Oportunidade de não entrar na criminalidade. Graças a ele eu pude dar uma vida muito melhor aos meus pais. Podia ir para o shopping e comprar o que eu quisesse. Com o primeiro dinheiro que ganhei comprei uma cama e foi inacreditável. A música me proporcionou sair da comunidade”, contou




Leia Também

A nova e velha estrelinha do funk também se abriu e falou das  sua intimidade e  do relacionamento com o marido Cássio Castilhol, com quem  há quase sete anos permanece casada.




“Ele era virgem, nunca contei isso gente! Mas ele era aqueles ‘crentinhos’, sabe? Queria casar com a princesa e eu falei para ele: ‘você não casou com a princesa, casou com a cachorrona do funk'”, diz. “Você consegue ser sexy sem ser vulgar. Consigo equilibrar isso. Com meu marido eu sou vulgar e ele adora. Já no palco, eu sou sexy”, conclui sobre as danças sensuais em seus shows.

Perlla completa 29 anos nesta terça e  levará para casa o presente especial cifrado em parabéns, da apresentadora Luciana Gimenez.


Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.