Politica

Procuradoria Geral pede prisão do pastor Silas Câmara que acaba de assumir Frente Evangélica

pastor silas câmara tem pedido de prisão expedido pela pgr

A Procuradoria Geral da República apresentou hoje (9 de abril de 2019) Supremo Tribunal Federal pedido de prisão por peculato ao deputado Silas Câmara (foto), que é presidente da Frente Parlamentar Evangélica. 

Silas Câmara acabou de ser eleito e foi muito comemorado pelos deputados que integram a Frente Parlamentar Evangélica. Inclusive o pastor Abílio Santana que se lançou a candidato e desistiu para prestar apoio a Silas.

O parlamentar Silas Câmara é acusado por ter empregados fantasmas em seu gabinete, para desviar recursos da Câmara dos Deputados. Ele já tinha sido condenado em outro processo.

Marco Feliciano perde a paciência com Mourão e o alerta de impeachment

Nas alegações finais, a Procuradoria Geralda República afirmou que “Silas Câmara recebeu reiterados depósitos em espécie.

Segundo a procuradoria os valores totalizaram a quantia de R$ 144.948,93 (cento e quarenta e quatro mil, novecentos e quarenta e oito reais e noventa e três centavo), entre janeiro de 2000 a dezembro de 2011, com semelhança de valores  bancados pelos assessores e recebidos pelo parlamentar e proximidade entre as datas de saque e depósito nas contas correntes do congressista”. 

Vale lembrar que quando o pastor Silas foi eleito presidente da Frente sob aclamação, ele prometeu “defender os costumes ligados aos céus e à família, dizendo que vai acompanhar 1.798 proposições parlamentares “que afetam diretamente a nossa fé”.

Siga o Buxixo Gospel no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo