Tretado com Olavo de Carvalho pastor Silas Malafaia chama Feliciano pra briga

Tretado com Olavo de Carvalho Pastor Silas Malafaia chama Feliciano pra briga

O pastor Silas Malafaia que recentemente tretou com o filósofo Olavo de Carvalho parece que está contra todos. Quem tem algum tipo de associação com o influenciador como Feliciano, ele está arregaçando as mangas e chamando para briga.

Desde que última semana, Feliciano publicou uma série  de textos no twitter questionando o porquê de Hamilton ser um vice querer ser protagonista que Malafaia parece estar de olho no deputado.

Marco Feliciano ainda chegou a questionar sobre o vice querer desdizer tudo que Bolsonaro diz. Mas a coisa esquentou mesmo nesta quarta-feira 17, quando o deputado Feliciano protocolou o pedido de impeachment que havia prometido contra Mourão. Marco ainda publicou um vídeo reiterando o que antes havia dito sobre o vice presidente.

“nunca antes nos primeiros 100 dias do governo de um presidente, um vice presidente agiu de maneira tão indecorosa, indelicada, desdizendo tudo o que presidente da república diz.Que acompanha a imprensa sabe  que essa semana o vice presidente Hamilton Mourão, ele acabou curtindo uma fala estranha de uma jornalista que vive pra alfinetar nosso presidente. Dizendo que quando Bolsonaro sai do país ,o Brasil é de fato governado .E lá vai o nosso vice-presidente e curte este tipo de fala. Ele esteve nos Estados Unidos essa semana, em Washington, ele aceitou o convite de uma instituição.O convite que postado nas redes dizia:O Brasil está desgovernado e  a única pessoa que pode unir o Brasil é Mourão”,falou o pastor.

Incomodado com a posição de Feliciano que o levou a pedir o impeachment do General, Silas Malafaia não ficou em silencio, e disse que a atitude do deputado é estupidez.

Silas através do seu Twitter, disse o que pensa de Feliciano, que quase se pode ouvir os berros que costumeiramente da em suas opiniões em vídeos.

” QUE ESTUPIDEZ É ESSA! Pedir o impeachment de Mourão em nada contribui para o governo Bolsonaro, pelo contrário, desestabiliza o governo. Tenho feito críticas a Mourão e discordo de muitas de suas posturas, pedir impeachment dele não tem efeito nenhum, bobagem pura!” criticou Malafaia.

Feliciano cumpre promessa e protocola pedido de impeachment de Mourão

Outro fator que talvez tenha levado Malafaia arregaçar as mangas contra Feliciano pode ter sido a entrevista que o deputado fez com Olavo de Carvalho e publicou em sua conta do Instgram. Insto pode ter levado Mafalaia a chamar Marco Feliciano de Olavetes.

Entenda onde a treta começou até chegar em Feliciano.

Na sexta- feira 22 março, Olavo publicou uma mensagem no Facebook direcionada a Silas dizendo que as igrejas evangélicas demoraram para começar a atuar na luta contra o petismo. “Pelo menos até 2009 ainda se davam muito bem com o partido governante”, escreveu Olavo, sobre os evangélicos. “Nesse ano Lula em pessoa oficializou em lei a Marcha Para Jesus. Será que o senhor já esqueceu?”

No sábado 23, Malafaia se manifestou com uma sequência de tweets atacando o filósofo. Nesta altura, a discussão ganha um detalhe: Olavo chama o pastor de “bispo”. Malafaia chama o filósofo de “astrólogo”.

Malafaia Feliciano e o governo de Bolosonaro relacionado a Mourão todos já conhecem. Mas quem é Olavo de Carvalho segundo sua filha Heloísa?

Afirmam muitos que Olavo de Carvalho, é um dos principais representantes do conservadorismo no país. No entanto a filha Heloísa não pensa o mesmo.

“Meu pai hoje tem essa fachada de católico tradicional, mas eu e meus irmãos não fomos sequer batizados na Igreja Católica e a única religião que meu pai fez a gente seguir foi o islamismo.” 

Esta  afirmação é da professora de artesanato Heloísa de Carvalho Martin Arribas, filha primogênita de Olavo Carvalho que tem grande influência no Governo Bolsonaro.

À revista Época, a filha renegada de Olavo falou sobre um assunto sobre o qual o pai pouco toca: a época em que ele foi muçulmano. 

Olavo de Carvalho é evasivo sobre o assunto, embora fale com frequência sobre o seu cristianismo.

“Hoje ele se diz católico desde criancinha, mas foi muçulmano e levou todos os quatro filhos, minha mãe e as esposas dele na época para o islamismo”. 

Heloísa contou que seu pai teve três esposas muçulmanas ao mesmo tempo na época em que ela morou com ele e com sua mãe católica, em uma moradia coletiva em São Paulo de uma seita islâmica. 

Hoje, Olavo de Carvalho chama a atenção na internet pela abundância do uso de palavrões, mas na casa islâmica os xingamentos eram proibidos. Heloísa contou que em 1985 deixou uma tia, em Atibaia (SP), para morar com seu pai, mãe e irmãos na comunidade islâmica em São Paulo, no bairro da Bela Vista.

“Qual o filho de pais separados que não quer ver todo mundo junto? Até briguei com minha tia para ir. Quando cheguei lá, não era uma casa normal. Era uma casa onde viviam umas 30 pessoas. Pelo menos 12, fora a minha família. Era uma comunidade, com rezação o dia todo, um monte de regra preconceituosa”, contou.

Heloísa disse que, como muçulmana, tinha de usar véu, saia comprida até o tornozelo e mangas compridas. Ninguém da casa podia conversar como homossexuais ou prostitutas. “Todas as sextas-feiras íamos a uma mesquita.”

Heloísa disse ainda que o seu pai já dava aula, não ficando claro na entrevista à revista se sobre astrologia, filosofia ou islamismo. Nesta época, embora com 16 anos, ela se casou com um aluno de 18 anos de seu pai. A cerimônia foi islâmica. “Ele [Olavo] dizia que muçulmano não namora, só casa.”

Ela e a família deixaram a comunidade religiosa quando Olavo “brigou com todo mundo e seita acabou”. Heloísa teve um filho e seu casamento durou seis anos. Ele continua tendo amizade com o ex-marido, que “tem urticária só de ouvir falar em Olavo de Carvalho”. 

Em 2005, Heloísa voltou a ser católica, batizando-se. No mesmo ano, Carvalho se mudou para os Estados Unidos.

Em 2007, ela escreveu “Carta aberta a um pai”, onde acusa Olavo de Carvalho de não ter levado-a à escola, a exemplo do que ocorreu com seus quatro irmãos.Teve de fazer um programa do governo de alfabetização de adultos, o Mobral.

Em entrevista que concedeu à CartaCapital em dezembro de 2018, filha do guru disse que seus irmãos também sofreram “abandono intelectual”.A referência na internet mais recente de Olavo sobre o seu passado islâmico é a de que ele é acusado de nos anos 80 “ter comido três mulheres”.

Etiquetas
Comentários
Botão Voltar ao topo
Fechar