Notícias Gospel

Ibanez Rocha cede terrenos para igrejas no DF.

A ideia foi concretizada após uma reunião entre o vereador , o arcebispo de Brasília, dom Sérgio Rocha e o bispo auxiliar Dom Marconi Vinicius Ferreira.

O atual governador do distrito federal Ibanez Rocha, criou uma espécie de força tarefa com o objetivo de destinar áreas para templos religiosos em todos os empreendimentos habitacionais.

“A gente precisa planejar esses espaços com áreas para igrejas, escolas, postos de saúde e comércio”, disse o governador. “Não podemos deixar nada de lado. Tudo é muito importante para a comunidade”, declarou ele segundo informações passadas pelo Jornal de Brasília.

O decreto, fornecerá a garantia de terrenos para igreja e será elaborado por pelo -4 órgãos governamentais, entre eles o terceiro setor e a coordenação de assuntos religiosos.

“Não podemos mais ter invasões ou áreas sem igrejas. É de interesse do governo e da sociedade que sejam reservados esses espaços de forma ordenada”, afirmou coordenador de Assuntos Religiosos, Kildare Meira.

Ele também afirmou que, nenhum terreno será doado pelo governo, todos eles serão pagos.

“Elas não têm fins lucrativos, vivem das doações dos fiéis e isto será levado em conta. Mas, sem sombra de dúvidas, têm feito um trabalho social importante”, acrescentou Kildare Meira, assegurando que o governo levará em consideração a densidade populacional de todos os locais e também os censos para averiguar de uma melhor forma a distribuição dos terrenos conforme a prática das mais variadas denominações religiosas.

A decisão tomada pelo atual vereador, foi completamente oposta aos passos do ex-governador Rodrigo Rollemberg e que inclusive chegou a demolir várias igrejas e, desta forma, gerou uma série de conflitos e desafetos com importantes líderes religiosos do distrito.

Na época, o bispo Manuel Ferreira, chegou a gravar um vídeo da demolição criticando a atitude de Rollemberg. O tempo derrubado pertencia à assembleia de Deus em Vila Planalto. Ele chegou a ir até o local da igreja na tentativa de tentar impedir a demolição.

“O que tem aqui é exatamente a força do mais forte”, disse Manoel Ferreira na época.

“Como o governo é forte, ele está derrubando tudo o que pertence aos mais pobres. Aqui é um bairro pobre, sem nenhuma possibilidade e infelizmente é isso que estamos vendo “, concluiu.

 

 

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo