Notícias Gospel

Motorista de mototaxi revela que neta de Flordelis jogou celular no mar e policia agora corre para saber aonde está

Mototaxista e neta já foram ouvidos

Um depoimento surpreendente aconteceu nesta quarta-feira a tarde na DHNSG(Delegacia de Homicídios Niterói São Gonçalo e Itaboraí) de um mototaxista,ainda no caso do assassinato do Pastor Anderson do Carmo.

Segundo a polícia informou,o motorista,ele teria levado uma das netas de Flordelis até a praia de Piratininga onde a jovem jogou um celular no mar.A praia fica próximo a residência da cantora,algo em torno de oito quilômetros da residência.O fato teria acontecido no mesmo dia em que a polícia foi a casa de Flordelis procurar os celulares do Pastor Anderson e de Flavio,suspeito do assassinato (18).. O mototaxista chegou à delegacia numa viatura descaracterizada e prestou depoimento.

A neta que supostamente jogou o celular no mar já foi ouvida também pela polícia.20 celulares foram apreendidos dentro da casa de Flordelis,de pessoas que moram com ela .Uma grande polêmica se deu essa semana também,quando passaram a circular prints de conversas no celular do Pastor Anderson logo após sua morte.As mensagens seriam enviadas por seus filhos que respondiam pessoas perguntando sobre a morte do pastor.O autor da mensagem pedia orações pela família dentro de um grupo de whatsaap e se identificava com filho de Flordelis e Anderson.

Contudo,o celular ainda esta desaparecido.O grande x da questão poderia ser o aparelho de Anderson e de Flavio ,para elucidar muitas questões.Porém,são exatamentos os celulares que sumiram.Muito suspeito isso.

Em entrevista coletiva,Flordelis disse que não sabe do paradeiro dos aparelhos e que gostaria que lhe devolvessem o celular de Anderson,pois,gostaria de recuperar imagens e contatos que estão nele.A cantora ainda fez questão de dizer que outros objetos de uso pessoal do pastor também desapareceram.O que Flordelis sabe é que o celular estaria com um de seus filhos e ficou combinado de ser entregue a ela,fato que não aconteceu.

Segundo  a advogada do crime,Bárbara Lomba,o caso vai seguir em completo sigilo para que as pessoas não consigam atrapalhar ainda mais as investigações.

 

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo