Brasil

Tiririca critica Bolsonaro e defende troca de favores.

"Se ele não sair do pedestal ele vai ser o pior governo que já tivemos em todos os tempos”, afirmou.

 

Eleito em 2011 com o lema ” Vote Tiririca, Pior que tá não fica”, O ex-palhaço Tiririca, foi o deputado federal mais votado de todo o Brasil. Isso, caracterizou um protesto populacional contra a baderna que ocorria na época em todas as esferas governamentais do país.

Com isso, o deputado federal, fez duras críticas ao presidente da república Jair Bolsonaro (PSL) durante uma entrevista dada ao jornal Folha de São Paulo.

“Tá faltando a galera pra chegar e dizer: ‘Irmão, senta aqui. Cara, tu não é deputado. É o país, irmão. Assim não vai. É assim, assim e assim…’ Se ele não sair do pedestal ele vai ser o pior governo que já tivemos em todos os tempos”, afirmou.

Entretanto, Tiririca foi um tanto questionado em suas afirmações por já estar em seu terceiro mandato atualmente e ter apenas um projeto aprovado na Câmara dos Deputados, que teve ainda a participação de outros 62 parlamentares. Com isso, surgiu o programa Cultura do Trabalhador. Acerca dos questionamentos sobre seu rendimento no tempo de casa, ele conta que quando chegou na câmara pensou que iria “aprovar projeto pra caramba”, mas que percebeu que isso era algo inviável.

O deputado afirma que Bolsonaro deveria aderir ao modelo antigo de governo, conhecido como “toma lá, dá cá” e se abrir a negociações com o congresso para  que seus projetos sejam aprovados.

“Se não tá voltando [ao velho modelo], tem que voltar, senão vai ser o pior governo que já passou pelo nosso país. [a assessora interrompe: “Diálogo, ele acha que tem que ter diálogo”] Diálogo, é isso que tem que ter”, disse ele.

“É troca de favores. Tem que existir, cara, tem que existir troca de favores [enfatiza as palavras com as mãos juntas]. To falando não aqui [aponta para o plenário], porque não jogo nessa pegada. Os caras me respeitam, não chegam me oferecendo nada, não me meto. Não to nem aí se eles fazem e se queimam ou não. Faço o meu e estamos conversados. Não é negócio de dinheiro, meu irmão, é diálogo, diálogo”, concluiu.

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.