Notícias Gospel

Pai é morto na frente do filho de 5 anos durante culto evangélico.

O assassinato foi durante um culto evangélico em Recife. Ele estava com seu filho mais novo, de apenas 5 anos.

 

Um homem, conhecido como Severino, de 37 anos foi morto a tiros durante um culto evangélico , em Cruz de Rebouças, Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. O crime aconteceu em uma casa, na Rua Santa Cruz, na noite do último sábado (29). Os donos da residência são evangélicos e realizavam um culto de Ação de Graças.

A vítima, Severino César Martins, era um dos que acompanhavam a celebração. Ele, que estava com o filho de 5 anos, era o alvo dos assassinos. Conforme algumas testemunhas, pelo menos dois homens praticaram o crime. Além disso, eles chegaram e foram direto para onde a vítima estava. Moradores relataram que Sivirino era muito amável com todos do bairro.

Tinha acabado de se converter na igreja  Assembleia de Deus. Seu pai não entende o que possa ter motivado a morte do filho.
Severino, também era apelidado no bairro como Xôxo .O mesmo foi atingido com dois tiros na barriga, um nas costas, um na nuca e dois de raspão. Ele morreu na hora, dentro da casa. Os dois homens que praticaram o crime entraram em um carro branco e fugiram.

No culto participavam cerca de 30 pessoas, entre elas, mais de 10 crianças. Quando o primeiro tiro foi disparado, houve pânico e correria entre os fiéis . Testemunhas disseram que estavam candando , quando derrempente , um carro branco parou e dois homens desceram e foram em direção a vítima , todos que estavam na casa correram e se esconderam até que os matadores fossem embora . Fiéis que estavam presentes disseram que as crianças ficaram em pânico , inclusive o filho a vítima que viu seu pai ser morto . A polícia civil , segue investigando o caso para melhor esclarecimento da família . O filho de Sivirino segue aos cuidados de familiares ,pois o choque foi muito forte em ver seu pai sendo morto em sua frente .

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo