Famosos da TVMundo

Atriz cristã entra em presídio e perdoa o assassino da mãe.

"Eu percebi, como posso pedir perdão quando não posso perdoar..."

O perdão é sem sembra de dúvidas uma das práticas mais difíceis do evangelho. Entretanto, tal atitude possui grandes efeitos positivos na vida de qualquer pessoa, seja ela cristã ou não. De acordo com a maior parte dos psicólogos o perdão é um poderoso agente contra a depressão, por libertar a pessoa de sentimentos ruins ao lembrar de eventos passados.

Sabe se que esse é um enorme desafio dependendo das circunstancias vividas. Contudo, a atriz Cherry Pie Pice se mostrou um enorme exemplo de superação ao contar seu testemunho em uma entrevista dada à ABS-CBN, que é atualmente a maior rede de filipina de televisão. A atriz perdoou o criminoso responsável pelo assassinato de sua mãe, e relatou como lidou com o sentimento da perda, bem como o que a levou a perdoar o assassino.

De acordo com ela, tal atitude nasceu através de uma reflexão. “Eu percebi, como posso pedir perdão quando não posso perdoar… Se há tanto ódio e dor no meu coração… Então foi isso que me levou a pensar em perdoá-lo”, contou.

Todavia, concretizar a ideia foi mais difícil do que ela imaginava, pois havia ainda dentro dela uma série de  questões que estavam mal resolvidas. Além disso, ela não sabi acomo ia fazer  para olhar nos olhos do assassino. “Se eu fizer isso, vou virar as costas para a minha mãe?”, questionou a si mesma. “Mas, eu sou apenas um membro da família que assumiu a postura [de perdoar]”, concluiu.

“Houve um caminho para o perdão”, contou a atriz. “Em meu coração e na minha mente eu queria perdoar. Eu pedia que as pessoas orassem por mim, para que eu pudesse eventualmente perdoá-lo”, explicou ela.

Cherry contou tambem que pedia orações pela vida do criminoso, até que finalmente conseguiu em Deus a coragem que precisava para se encontrar com o homem.

“Agora estou te perdoando; agora você também pode se forjar. Você deve ter confiança de que Deus o perdoou”, disse ela ao assassino de sua mãe.

“Eu estava indo para a minha cura”, disse Picache sobre o encontro, “mas também para a restaurar o meu agressor”.

“No final de sua vida, mesmo que ele esteja sofrendo as consequências do mal que fez, ele poderá voltar para Deus com sua dignidade intacta”, afirmou. “Todo mundo merece uma segunda chance.”

“O amor radical é a única coisa que vai combater o mal. É assim que Deus trabalha, nós pecamos todos os dias, mas Ele ainda está lá por nós”, concluiu a atriz

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo