Brasil

Mulher afirma que estátua do Homem-Aranha é envolvida com satanismo

Elementos do filme teriam relação com satanismo

Do jeito que as coisas têm “evoluído” em todo o mundo, não é de se assustar quando acontece algo inusitado. O famigerado herói dos quadros, Homem-Aranha, que desde a década passada se encontra no universo cinematográfico, seja na pele do ator Tobey Maguire ou na pele de Tom Holland, se envolveu com uma dessas “pérolas” do século 21, justo com uma pessoa que nem sequer deve fazer ideia de que ele é um herói presente apenas no mundo fictício.

Ocorreu de uma estátua do tão famoso Homem-Aranha ser discutida entre os arredores de uma cidade chamada Lincoln, nos Estados Unidos. Posicionada perto do zoológico infantil da região como uma parte de um projeto de esculturas, a obra de arte foi mal compreendida após ter sido confundida com uma representação demoníaca por uma mulher, moradora do local.

O monumento, que expõe as mãos do herói lançando as suas teias, foi tida por acusação pela mulher de “promover o satanismo”. Inclusive, a mulher escreveu uma carta com o propósito de enviá-la ao prefeito da cidade, Leirion Gaylor Baird, requerindo a remoção imediata da estátua daquele lugar.

Segundo o jornal da cidade, a mulher, na carta, escreveu o seguinte: “A escultura tem suas mãos abertas, nas cores vermelha e preta, formando os chifres do demônio”, e que aquilo era “um crime de ódio contra a igreja”.

O projeto de arte que a estátua faz parte, o qual se chama “As Mãos Que Servem”, tem por intuito fazer uso dos seus procedimentos para promover a melhora de vida no Campus local. Uma pequena parte dos lucros será direcionada aos artistas que estão fazendo parte do projeto.

Lin Quenzer, responsável por trabalhar no gabinete do prefeito, disse à mulher, em resposta: “A escultura não tem nada a ver com o demônio, claramente tme uma intenção infantil e divertida”.

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar