Brasil

Pastor que apoiou Parada Gay causa a maior polêmica com pastores e evangélicos

Pastor é de esquerda e brigou com Malafaia na semana passada

O Pastor Hermes Fernandes causou muita polêmica ao apoiar o dia do Orgulho Gay,a Parada do Orgulho Gay.Ele ainda é contra Bolsonaro e é apontado como um pastor de esquerda.No dia do orgulho gay Fernandes,que é filho de um famoso pastor já falecido,no Rio de Janeiro,declarou que é hétero,mas sem orgulho algum.

A publicação além de deixar os evangélicos surpresos ,fez também,muitas pessoas questionarem se o pastor teria algum problema com a sua sexualidade.E o pastor acabou fazendo um post polêmico para explicar o assunto.

Leia abaixo a publicação completa do pastor que tirou Silas Malafaia do sério na semana passada:

“Alguns têm demonstrado certo grau de insatisfação pelo fato de abordar o assunto homossexualidade com certa frequência. Há até quem faça insinuações sobre minha própria sexualidade, supondo que meus posts tenham o objetivo de preparar as pessoas para uma eventual saída minha do armário. Fiquem tramquilos quanto a isso. Se eu fosse homossexual, não haveria qualquer razão para esconder.

Afinal, onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade de ser o que se é.
Outros dizem que eu deveria ater-me a pregar o evangelho. Ora, o que é o evangelho senão a boa nova de que Deus convida os homens à paz? Quando abordo este tema, estou certo que estou agindo como ministro da reconciliação de que fala Paulo. Promovo, assim, a paz entre os homens, sejam héteros ou homossexuais, além de promover a paz do homem consigo mesmo, inclusive com respeito à sua orientação sexual.

Alguém pode imaginar quantos suicídios consegui impedir ao esclarecer o que realmente a Bíblia diz sobre homoafetividade? Sabem quantas vezes tenho ajudado na reconciliação entre pais e filhos? Sabe quanto gays retornaram ao evangelho depois de me ouvirem?
Se este assunto lhe incomoda, recomendo que faça uma terapia urgente. Talvez isso seja indício de uma sexualidade mal resolvida. Eu disse “talvez.”

Pode ser que seja somente uma pontinha de homofobia incofessável amparada por textos bíblicos mal interpretados por teólogos mal-intencionados ou mal orientados.Fiquem tranquilos. Não vou deixar de falar sobre isso em minha página. Assim como não vou deixar de denunciar a opressão, venha de onde vier, nem a exploração, parta de quem partir”,concluiu o pastor.

Etiquetas
Comentários
Botão Voltar ao topo
Fechar