Brasil

Cristão doa seu fígado para irmã da mesma igreja

A irmã, que o cristão não conhecia, estava com câncer

A atitude que Jason Stechschulte decidiu tomar não é algo que você vê por aí toda hora. Ele tomou a decisão de de doar parte do próprio fígado a uma irmã, membra da sua congregação, mesmo sem ter conhecido ela pessoalmente, somente ouviu falar do estado de saúde dela.

Carole Motycka estava com o seu marido numa caminhada rotineira, quando começou a sentir fortes dores no seu abdômen. No início ela imaginou que não seria nada demais, até que foi fazer um exame e descobriu que havia um câncer localizado no cólon do útero, um dos que são mais comuns no meio das mulheres.

No caso dela, infelizmente o câncer já havia alcançado um estágio avançado, tendo feito invasão de parte do seu fígado. Ela declarou para a CBN News o que ouviu do médico nos momentos depois do diagnóstico.

“Ele disse: ‘Acredito que você tenha um grande tumor no cólon e acredito que o câncer do cólon tenha entrado no fígado. Este é provavelmente o pior cenário’”, afirmou Carole.

A possibilidade de sobrevivência dela eram de somente 10%, porque não era possível tirar apenas o câncer do seu cólon sem que houvesse um transplante de fígado. “Para realizar uma cirurgia hepática bem-sucedida para pacientes com câncer, você precisa ser capaz de preservar pelo menos 25% a 30% do fígado nativo”, afirmou o médico.

“Caso contrário, o paciente não poderá se recuperar. O câncer se espalhou para o fígado e mais de 75% ou 80% do fígado está envolvido, a cirurgia seria muito perigosa, na verdade, impossível”, acrescentou ele.

Depois de tomar ciência da situação por meio de um aviso na sua igreja, a Luterana de São Marcos, localizada em Van Wert, Ohio, nos Estados Unidos, o pastor se pôs como alguém disponível para doar parte do próprio fígado para Carole, com o total apoio da sua esposa.

Felizmente Jason era um doador compatível com o órgão de Carole e os dois realizaram a cirurgia. Recuperados, agora, atualmente, eles são amigos e a possibilidade de sucesso no tratamento da sua irmã em Cristo cresceu para 60%.

Depois de ser questionado pelo corajoso ato cometido, Jason disse de modo muito simples: “Eu fui chamado para fazr isso”.

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.